DISPARADA: A MÚSICA E SEU LUGAR NA HISTÓRIA

Por  Valentin Ferreira

Os festivais de música popular brasileira foi um momento privilegiado ao fazer fervilhar intenso conteúdo político numa fase  em que o Brasil  amargava seus primeiros anos de ditadura militar.  “Nomes como (Elis ReginaChico BuarqueCaetano VelosoGilberto GilGal CostaGeraldo VandréNara LeãoEdu LoboJair RodriguesTom JobimOswaldo Montenegro,” entre outros, desfilaram suas canções e conquistaram mentes e corações de uma juventude que gravou marcas profundas na história.

“Disparada”  (vídeo acima)  é uma canção escrita por Geraldo Vandré e Théo de Barros e interpretada por Jair Rodrigues, acompanhado do Trio Maraiá e do Trio Novo. Uma das principais composições da época  foi a vencedora do Festivalde Música Popular Brasileira em 1966, dividindo o primeiro lugar com “A Banda” de Chico Buarque de Holanda, quando houve verdadeira “disputa com apostas” em todo o país entre os adeptos de uma e outra composição.[1] A canção foi gravada em língua francesapela cantora Frida Boccara, sob o título de “Taureau“.

Com informações da .wikipedia.