CICLISTAS E PEDESTRES AGORA PODEM SER MULTADOS, DETERMINA O CONTRAN

Postado por Valentin Ferreira

Grupo passeia de bicicleta na cidade de São PauloImagem: Reprodução

Do NexoJornal

O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) determinou os padrões de como pedestres e ciclistas devem ser notificados e multados caso cometam infrações já previstas no Código de Trânsito Brasileiro desde 1997.

A regulamentação (Resolução n° 706) foi publicada nesta sexta-feira (27) no Diário Oficial da União. Órgãos de trânsito sob o comando do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), como as polícias Rodoviária e Militar, além de agentes de trânsito municipais, devem passar a aplicar as novas regras em até 180 dias.

O que o pedestre não pode fazer:

Caminhar ou ficar parado em pistas de rolamento (ruas, avenidas, rodovias, etc) “exceto para cruzá-las onde for permitido”, ou seja, faixas de pedestre, passarelas ou passagens subterrâneas

Desobedecer sinalização de trânsito específica, como as que proíbem a circulação de pedestres

Ocupar sem autorização alguma via atrapalhando o trânsito para festas, prática de esportes, “desfiles e similares”. Com exceção de “casos especiais e com a devida licença da autoridade competente”

O que o ciclista não pode fazer

Levar passageiro fora da garupa Transportar crianças sem “condições de cuidar de sua própria segurança” ou ainda “carga incompatível com suas especificações

” Fazer “malabarismo”, como empinar ou andar sem as duas mãos no guidão. Ao ciclista só é permitido tirar a mão do guidão quando este for fazer alguma sinalização a veículos, como para indicar que irá virar ou parar

Andar com a bicicleta “de forma agressiva” ou em “passeios onde não seja permitida a circulação desta”

Ler toda a matéria:: NexoJornal