CERTOS JUÍZES GOSTAM MESMO É DE MANIFESTOCHES, Por Kennedy Alencar

Postado por Valentin Ferreira

                                                                                                         Imagem do 247

Magistratura volta a defender mordomias e privilégios

Por Kennedy Alencar  em seu Blog

No meio do noticiário sobre o Carnaval, teve destaque reportagem do jornal  “O Estado de S. Paulo” revelando que, com os penduricalhos, 18 mil juízes deixam de pagar R$ 360 milhões em impostos por ano. Houve reação dura da magistratura.

Em nota, a Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil) disse enxergar uma “campanha difamatória e desmoralizadora a que tem sido submetido o poder judiciário e seus membros, em época de intenso enfrentamento” da corrupção.

Também em nota, a Anamatra (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho) afirmou que há “uso abusivo e distorcido das informações financeiras disponibilizadas nos portais de transparência”

Ora, as reações da Ajufe e da Anamatra não fazem nenhum sentido.

A reportagem do “Estadão” deixou claro que os penduricalhos são isentos de impostos. Houve uma simulação de quanto o país perde de receita tributária devido a esses privilégios que funcionam como complemento salarial, como admitiu, por exemplo, o juiz Sergio Moro.

Veja Matéria completa :Blogdokennedy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *