BICICLETAS E HUMANISMO

Por:Prof. João Baptista Herkenhoff /Lee Robbs
Andar de bicicleta lembra-me a infância em Cachoeiro de Itapemirim, cidade localizada no sul do Espírito Santo, a terra onde nasceu Rubem Braga, o cronista brasileiro cujo centenário está sendo comemorado. Ruas com calçamento de paralelepípedos, poucos carros, nenhum motorista correndo. Trânsito realmente humano, quase diria trânsito fraterno. A convivência entre carros e bicicletas era absolutamente tranquila. Não me recordo de um único atropelamento de ciclista, por carro, ou de pedestre, por ciclista.

Continue lendo “BICICLETAS E HUMANISMO”

ATRIZ MONICA IOZZI CHAMA POPULAÇÃO PARA PARTICIPAR DE ATO CONTRA PELA DIRETAS JÁ

Por: Brasil 247

A atriz Mônica Iozzi usou as redes sociais para divulgar um vídeo convocando a população a participar da manifestação que ocorrerá neste domingo (4), no Largo da Batata, em São Paulo, pela saída de Michel Temer do poder e pela realização de eleições diretas.

“O povo tem o direito de escolher o seu próximo presidente. Não dá para a gente deixar esta escolha na mão do Congresso que tá aí, com tanta gente envolvida em escândalos, tanta gente envolvida em crimes”, disse a atriz.

PROCURADORES QUEREM REGIME FECHADO E MULTA DE 87 MILHÕES PARA LULA

Por: Carta CapitalDeltan DallagnolNas alegações finais, o procurador Deltan Dallagnol e seus colegas reconhecem a “dificuldade probatória”

Em suas alegações finais entregues na sexta-feira 2 ao juiz Sérgio Moro, os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato pediram a condenação do ex-presidente Lula em regime fechado e o pagamento de uma multa de 87,6 milhões de reais, baseada na tese de que o petista era um dos comandantes do esquema de propinas entre a OAS e a Petrobras.

Continue lendo “PROCURADORES QUEREM REGIME FECHADO E MULTA DE 87 MILHÕES PARA LULA”

A UNIVERSIDADE PÚBLICA, DE QUALIDADE E GRATUITA É VIÁVEL?

Por: Otaviano Helene /Correio da Cidadania

O ataque sistemático à universidade pública no Brasil, a fim de abrir espaço ao setor privado, fez com que nosso país se tornasse um daqueles com as maiores proporções de matrículas no setor privado em todo o mundo. Apesar da (falsa) justificativa para a privatização ser a necessidade de apelar para que o setor privado colabore com a inclusão no ensino superior, o fato é que isso não ocorre.

A taxa de privatização no Brasil é maior do que a média dos demais países da América do Sul, mas a taxa de inclusão de jovens no ensino superior, perto de 40% (1), está bem abaixo da média observada nos demais países sul-americanos, de 58% (no Brasil, a taxa de inclusão é pouco mais da metade daquela observada na Argentina ou na Venezuela e significativamente inferior à do Uruguai, países com taxas de privatização bem inferiores à brasileira). Ou seja, a privatização não resolveu – e não tinha porque resolver – o problema da inclusão.

Continue lendo “A UNIVERSIDADE PÚBLICA, DE QUALIDADE E GRATUITA É VIÁVEL?”

MARQUETEIRO DE TEMER CONFESSA: FOI PAGO EM CASH PELA JBS PARA GOLPEAR DILMA

Por: Brasil 247

Alvo das delações da JBS, que o apontam como beneficiário de um pagamento de R$ 300 mil em dinheiro, o publicitário Elsinho Mouco, que cuida da imagem de Michel Temer, revelou, ao jornalista Pedro Venceslau, uma face inédita do golpe de 2016; segundo ele, o empresário Joesley Batista o procurou para financiar a derrubada da presidente legítima Dilma Rousseff; “Para minha surpresa, ele chamou Dilma de ingrata, grossa e incompetente. E disse: temos que tirá-la”; ou seja: um dos assessores mais próximos de Temer aceitou o dinheiro para um trabalho de ataque a Dilma na internet; ele confidenciou ainda que muita gente financiou o golpe; “uns contrataram carro de som, uns contrataram bandanas, pagaram por bandeiras, assessoria de imprensa”, revela; ele admitiu ter sido pago em dinheiro e mudou sua versão anterior, que falava em serviços de marketing, com nota, para a JBS.