EM CINCO MESES, 36 TRABALHADORES SÃO ASSASSINADOS EM CONFLITOS NO CAMPO

Por: Cida de Oliveira, da RBA

Imagem: CPT

A chacina de 10 trabalhadores rurais na manhã da última quarta-feira (24), em uma reintegração de posse de um acampamento na Fazenda Santa Lúcia, município de Pau d’Arco, no sudeste do Pará, elevou para 36 o número de assassinatos só em 2017 – mais da metade dos 61 registrados em 2016. Os dados são da assessoria de comunicação da Comissão Pastoral da Terra (CPT).

Continue lendo “EM CINCO MESES, 36 TRABALHADORES SÃO ASSASSINADOS EM CONFLITOS NO CAMPO”

KPMG AO MORO: NÃO HOUVE ILÍCITOS DE LULA NA PETROBRAS

Por: Brasil 247

Depois da PricewaterhouseCoopers, maior empresa de auditoria do mundo, que em abril desse ano já havia isentado o ex-presidente Lula de irregularidades na estatal ao longo de seu mandato como presidente, agora foi a vez da auditoria independente KPMG, que respondeu a um requerimento feito pelo juiz Sergio Moro, da Lava Jato, com o mesmo teor; “Não foram identificados pela equipe de auditoria atos envolvendo a participação do ex-presidente da república, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, na gestão da Petrobras que pudessem ser qualificados como representativos de corrupção ou configurar ato ilícito”, diz o comunicado da empresa, que auditou as contas da estatal entre 31.12.2006 e 31.12.2011

 

NO PÂNTANO, OS LÍRIOS FAZEM A DIFERENÇA.

Por Valentin Ferreira

NO PÂNTANO, OS LÍRIOS FAZEM A DIFERENÇA.

Por  Valentin Ferreira

Ninguém mais aguenta as rajadas de notícias, reportagens, denúncias e desmandos. Elas carregam projéteis que perfuram a alma brasileira, que sangra nas dores das feridas abertas.

Ninguém mais aguenta ver tanta lama que cobre os pés de uma Nação que caminha atordoada sem sequer ver um pequeno facho de luz no horizonte carregado de incertezas.

Ninguém mais aguenta os insultos contra a Pátria, quando crimes são narrados por delatores e seus beneficiários como se estivessem contanto um “causo” comum em qualquer esquina.

Ninguém mais aguenta ver entranhas de um governo zumbi que perdeu até o que nunca teve: legitimidade para comandar um país grandioso como o Brasil.

Continue lendo “NO PÂNTANO, OS LÍRIOS FAZEM A DIFERENÇA.”

KENNEDY: ATO NO RIO MOSTROU QUE NÃO SERÁ FÁCIL EMPURRAR ELEIÇÕES INDIRETAS

Por Kennedy Alencar /  Brasil 247

O jornalista Kennedy Alencar classificou nesta segunda-feira, 29, como “significativo” o ato no Rio de Janeiro a favor de eleição direta para presidente, nesse domingo, 28, que reuniu 100 mil pessoas.

“A manifestação de ontem mostra que não será fácil adotar eleição indireta no Congresso, porque parte da sociedade resistirá e defenderá modificação constitucional para permitir pleito direto. No Congresso, já há divergência entre Câmara e Senado. Senadores não querem participar do eventual colégio eleitoral com o mesmo peso que um deputado. Já falam numa votação bicameral, com o Senado tendo de referendar eventual escolha da Câmara. É uma saída que daria margem a briga num Congresso desgastado e onde muitos são investigados por corrupção.

Continue lendo “KENNEDY: ATO NO RIO MOSTROU QUE NÃO SERÁ FÁCIL EMPURRAR ELEIÇÕES INDIRETAS”

JORNALISTAS SE REÚNEM EM BRASÍLIA PARA DENUNCIAR CENSURA

Por: Eduardo Guimarães/ Blog da Cidadania

Nos dias 26, 27 e 28 deste mês, o Fórum Nacional Pela Democratização da Comunicação se reuniu em Brasília para dar voz e vez àqueles que sofreram variados tipos de censura impostos sobretudo pelo Estado Brasileiro

Jornalistas, ativistas digitais, radialistas de todo o Brasil se reuniram nos anfiteatros do Instituto Central de Ciências da Universidade de Brasília para discutir também fórmulas de combate e defesa em relação a um processo de “fascistização” do país.

Alguns foram designados para abrir o evento na 6a-feira, entre os quais este blogueiro. Como o vídeo de todas as falas na abertura do evento é muito extenso (mais de 2 horas), reproduzo apenas a minha fala.

As demais falas podem ser assistidas aqui

Confira, abaixo, minha participação no evento.

ATO NO RIO PEDE DIRETAS JÁ

Por: Conversa Afiada

Foto: MídiaNinja

Milhares de manifestantes estão agora na Avenida Atlântica, Zona Sul do Rio de Janeiro, para o ato O Rio pelas Diretas Já. O protesto foi convocado pelas frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular – duas das principais organizações envolvidas nos atos contra o governo do MT – e começou às 11h.

A manifestação contará também com apresentação de artistas como Caetano Veloso, Mano Brown, Criolo, Martnália, Maria Gadu e o Cordão da Bola Preta. Os organizadores esperam que cerca de 50 mil pessoas participem do ato ao longo do dia.