PAPA FRANCISCO RECUSA CONVITE DE TEMER PARA VISITAR O BRASIL

Por Brasil de Fato

Foto Google

Em carta, o Papa Francisco recusou o convite do presidente, Michel Temer (PMDB), para visitar o Brasil para participar das celebrações dos 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida, em outubro desse ano.A informação é do jornalista Gerson Camarotti, da Globo News, que por sua vez, ouviu relatos de pessoas que tiveram acesso ao conteúdo da carta.

O Papa Francisco já havia sinalizado, em janeiro desse ano, que não viria ao Brasil em 2017. Na avaliação de um integrante da CNBB, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, ouvido por Camarotti e cujo nome não foi divulgado, o Papa Francisco evita viajar para países que enfrentam um momento político mais delicado para não correr o risco de ser usado por alguma das partes envolvidas.

 

Continue lendo “PAPA FRANCISCO RECUSA CONVITE DE TEMER PARA VISITAR O BRASIL”

LIÇÕES DA INCONFIDÊNCIA

Por Iurutaí Puertas –


Tiradentes sendo preso no Rio de Janeiro – Foto: Reprodução de pintura de Antônio Parreiras (1914)

Hoje completam-se 225 anos da execução pública, por enforcamento – e posterior esquartejamento do corpo – do Alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Para a maioria dos brasileiros só mais um feriadão, com os engarrafamentos de praxe noticiados pelas Tvs, e a oportunidade de sair da rotina de trabalho/estudo alienados e alienantes. Cabe, contudo, lembrarmo-nos das razões que levaram esta data ao status de Feriado Nacional. Continue lendo “LIÇÕES DA INCONFIDÊNCIA”

A JUSTIÇA ASSUME O PODER, SEM VOTO NEM POVO

O sistema político implodiu. A República de 1988 chegou ao fim, mesmo que ainda tenha forças para se arrastar moribunda pelo chão.

Por Rodrigo Vianna

O Poder Judiciário e o Ministério Público, numa aliança prolongada com a Globo e a mídia comercial, assumem o poder. Reparem: são 3 poderes que não se submetem à chancela do voto. MPF, STF e Globo. E se retroalimentam, absorvendo a legitimidade que tiraram do sistema político.

A cobertura da Globo sobre a lista de Facchin/Janot segue a lógica esperada: 10 minutos de bombardeio intenso contra Lula, e uma cobertura muito mais diluída quando os alvos são tucanos. Mas a novidade é essa: rompeu-se a blindagem tucana.

O PSDB deveria anotar essa data: 12 de abril de 2017. Desde hoje, o partido perdeu a utilidade como contraponto ao PT. Serra, Aécio, Alckmin e FHC (ah, o aluno de Florestan Fernandes não conhece a História brasileira?) cumpriram o destino de Lacerda: usaram o moralismo e a histeria das classes médias para tramar o golpe contra Dilma. E no fim acabaram tragados pela onda que ajudaram a fomentar.

Este blogueiro escreve sobre isso desde 2015 – como se pode ler aqui. Engana-se quem pensa que Moro e a Lava-Jato cumprem uma agenda tucana. A agenda do Partido da Justiça, em aliança com a Globo, segue ritmo próprio. A aliança com o PSDB era meramente tática. E se desfez.

O objetivo não era destruir o PT, mas implodir o Estado nacional. O que em parte já se conseguiu.

Continue lendo “A JUSTIÇA ASSUME O PODER, SEM VOTO NEM POVO”