UM RETRATO DOS PRIVILEGIADOS DO BRASIL, Por Fernando Nogueira da Costa- UNICAMP

Postado por Valentin Ferreira

Certas “castas” têm motivos de sobra para sorrir.

Uma análise das declarações de Imposto de Renda recentemente publicadas pela Receita Federal permite reflexões sobre o enriquecimento no País

Por Fernando Nogueira da Costa (*)— Carta Capital
“Gente de bem” bate panela vazia? É “bem-nascida”, isto é, herdeira? É a “sorte-do-berço” determinante de seu bem-estar? É self-made man, alguém que se fez por si próprio, com seu esforço, pelas boas qualidades intrínsecas ao seu DNA ou adquiridas em seu ambiente familiar educacional?

É o instinto humano básico da competição ou o da proteção que a caracteriza? São boas escolas, bons professores, boa rede de relacionamento social, ou bons privilégios sociais, por exemplo, isenção fiscal em seus rendimentos, os determinantes básicos do $uce$$o?

Os grandes números do DIRPF 2017 Ano Calendário 2016, recentemente publicados pela Receita Federal, permitem reflexões sobre essas questões relativas ao enriquecimento pessoal. A tabela abaixo apresenta um ranking de ocupações principais dos declarantes em que estimei os rendimentos totais (tributáveis, exclusivos e isentos) per capita, deduzindo os mensais, além do patrimônio líquido per capita, descontando as dívidas dos bens e direitos.

Continue lendo “UM RETRATO DOS PRIVILEGIADOS DO BRASIL, Por Fernando Nogueira da Costa- UNICAMP”

DEUS PREFERE ATEUS GENTIS A CRISTÃOS QUE ODEIAM ?

Postado por Valentin Ferreira

Apesar da instrumentalização política e ideológica das religiões, ainda há aqueles que colocam a gentileza acima de qualquer dogma.

Por Magali do Santos Cunha/Cartacapital.

Dias atrás, postei em uma mídia social a foto de um dos típicos quadros de avisos que ficam à entrada de igrejas nos Estados Unidos e funcionam como chamadas evangelísticas.

O quadro pertence à Igreja Metodista Unida em Rose City Park, em Portland (Oregon), e nele estava escrito: “Deus prefere ateus gentis a cristãos que odeiam”.

Decidi compartilhá-la, a propósito de algumas postagens que passaram pela minha tela, relacionadas aos últimos acontecimentos políticos do país, cujo conteúdo de ódio era muito forte. Boa parte das publicações eram criadas ou reproduzidas por pessoas reconhecidas ou declaradamente cristãs.

Confesso que fiquei surpresa com as reações tão positivas à foto e ao seu conteúdo. As “curtidas” triplicaram a média de minhas postagens mais populares e os compartilhamentos se igualaram em número. Apenas 10% dos muitos comentários explicitaram discordância da frase.

Leia Matéria completa em Carta capital

JUDICIÁRIO NO BRASIL CUSTA MAIS CARO E TEM MENOS JUÍZES QUE A ALEMANHA

Postado por Valentin Ferreira
 Reprodução Google ImagensFoto: Reprodução/Agência Brasil. Matéria publicada originalmente no portal Brasil de Fato, por Rafael Tatemoto

O Brasil gasta proporcionalmente mais que a Alemanha no custeio de seu Poder Judiciário. Enquanto o governo brasileiro gasta o equivalente a 1,3% de nosso Produto Interno Bruto (PIB) com magistrados, o país europeu consome apenas 0,32%.  Continue lendo “JUDICIÁRIO NO BRASIL CUSTA MAIS CARO E TEM MENOS JUÍZES QUE A ALEMANHA”

DESCONFIE DAS PREVISÕES PARA A ECONOMIA EM 2018

Postado por Valentin  FerreiraPrakash Loungani: ao longo de três décadas, das 150 recessões registradas apenas duas foram previstas (Foto FMI)

Por Carlos Drummond / Carta Capital

Previsões sobre o desempenho da economiano próximo ano, no País e no resto do mundo, surgem em profusão nesta época e é quase impossível ignorá-las.

Algumas precauções talvez ajudem, entretanto, a não levá-las tão a sério quanto os seus autores gostariam, o que provavelmente ajudará a reduzir a ansiedade inerente ao conhecimento de sondagens do futuro, sejam elas otimistas, pessimistas ou um pouco de ambos.

É básico, por exemplo, desconfiar das projeções feitas pelos profissionais do ramo. Prakash Loungani, chefe da Divisão de Macroeconomia do Desenvolvimento no Departamento de Pesquisa do Fundo Monetário Internacional, fez pesquisas em 2000 sobre a precisão das previsões dos economistas.

Matéria Completa: Aqui

AOS GOLPISTAS SÓ FALTA REZAR

Postado por Valentin Ferreira Imagem : Reprodução

Por Marcos Coimbra /Carta Capital

Até outro dia, nas conversas a respeito da próxima eleição presidencial, a moda era falar na “terceira via”. Prossegue, mas agora com um componente novo: passou a ser de bom-tom descartar os resultados das atuais pesquisas de intenção de voto. Até alguns pesquisadores aderiram à novidade. 

Embora nunca explícito, o raciocínio subjacente parece ser de que “estamos longe demais da eleição” e que somente “quando ela começar de fato” é que poderemos saber o que os eleitores farão em outubro. Por enquanto, as pesquisas pouco (ou nada) diriam.

Leia matéria completa: Aqui

A VENDA DA EMBRAER COLOCA O BRASIL EM POSIÇÃO DE COLÔNIA

Postado por Valentin Ferreira
Por Clovis Nascimento* —Carta Capital
O negócio irá favorecer apenas os norte-americanos, que utilizarão o capital tecnológico para dar maior robustez ao seu próprio parque industrial

Foi anunciada pelo jornal The Wall Street Journal, a possível venda da Embraer para a norte-americana Boeing. A Embraer é a terceira maior fabricante de aviões comerciais do mundo e a única fabricante brasileira de aviões, perdendo para a própria Boeing. Isso significa que o interesse da Boeing nessa negociação é acabar com a concorrência da Embraer, colocando-se como líder no mercado, além de se apropriar de todo o acúmulo tecnológico e científico brasileiro.

Embora seja uma empresa privatizada, existe um mecanismo chamado “golden share”, que possibilita poder de veto ao governo federal em decisões estratégicas, como em negociações de vendas e fusões da empresa, mesmo sem ter o controle acionário. No dia 19 de julho de 2017, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, consultou, no entanto, o Tribunal de Contas da União sobre a possibilidade de abrir mão da “golden share” da Embraer, da Vale e do IRB. Continue lendo “A VENDA DA EMBRAER COLOCA O BRASIL EM POSIÇÃO DE COLÔNIA”