FHC DEFENDE RENÚNCIA DE ACUSADOS

Por Valentin Ferreira

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu nesta quinta-feira a renúncia dos políticos envolvidos no novo escândalo de corrupção no país caso eles não apresentem uma defesa convincente.

Em uma mensagem divulgada no Facebook na qual citou o escândalo que colocou o presidente Michel Temer (PDMB) e o senador Aécio Neves (PSDB) contra as cordas, o ex-presidente afirmou que o Brasil “tem pressa para restabelecer a moralidade nas instituições e na conduta dos homens públicos”.

“Os atingidos (pelas denúncias) têm o dever de se explicar e oferecer à opinião pública suas versões. Se as alegações de defesa não forem convincentes, e não basta argumentar são necessárias evidências, os implicados terão o dever moral de facilitar a solução, ainda que com gestos de renúncia”, escreveu FHC.

Com informações da Agencia EFE.