“GRANDE IMPRENSA:VOZ E PARTE DO ATRASO”. Mario Marona

Postado por Valentin Ferreira

O Brasil não tem imprensa de verdade. Por Mario Marona / do Tijolaço

“O Brasil não tem uma imprensa independente.

O Brasil não tem uma imprensa isenta que não seja pobre, alternativa, e feita com o sacrifício pessoal de uns poucos jornalistas que abrem mão do conforto que poderiam dar às suas famílias para suprir a carência de informação confiável na mídia tradicional.

Como fazia a Última Hora, nos anos 50, como fez a “imprensa nanica” durante a ditadura.

Já é assim há muito tempo.

A imprensa brasileira formal é facciosa, venal e criminosa.

Liderou, apoiou ou sustentou politicamente as piores tragédias políticas e econômicas da história contemporânea do Brasil.

Não é apenas porta-voz do atraso, é por si mesma parte e causa do atraso.

A imprensa brasileira levou Vargas ao suicídio.

Destruiu a reputação de JK.

Derrubou Jango.”

Continue lendo ““GRANDE IMPRENSA:VOZ E PARTE DO ATRASO”. Mario Marona”

O MEDO COMO INSTRUMENTO DE PODER

Postado por Valentin Ferreira

O mau uso da religião, do populismo e da xenofobia é uma triste realidade a qual não se reage mais, só se observa com hipocrisia e sem uma denúncia direta

Por Roberto Savio / Carta Maior

Recentemente, os britânicos se deram conta de que votaram pelo brexit a partir de uma campanha de mentiras. Mas ninguém foi cobrar publicamente os líderes da mesma, como Boris Johnson e Nigel Farage, pelo fato de a Grã-Bretanha ter que pagar 45 bilhões de euros, um dos muitos custos do divórcio, algo muito diferente da “economia de 20 bilhões” prometida por esses promotores. Há pouca análise, e pouco profunda, sobre o porquê de o comportamento político ser cada vez mais um mero cálculo, sem preocupação pela verdade nem pelo bem dos países.

O presidente estadunidense Donald Trump pode ser um bom estudo de caso sobre as relações entre política e populismo. Há alguns dias, os Estados Unidos declararam que se retiravam do Pacto Mundial sobre Migração, da ONU (Organização das Nações Unidas). Isso não tem nada a ver com os interesses ou com a identidade dos Estados Unidos, um país de imigrantes, mas sim com o fato de essa decisão é muito bem vista pelos setores sociais que votaram por Trump, como os evangélicos. Continue lendo “O MEDO COMO INSTRUMENTO DE PODER”

COMO FUNCIONA O MONOPÓLIO DA MÍDIA

Postado por Valentin Ferreira

Do Blog Tudo-em-cima.

No Brasil, a mídia ajuda a manter um país que não deveria existir para um povo que não o conhece. São poucas famílias formatando o Brasil a bel prazer, para que políticos e empresários se eternizem na direção de uma República que escondeu corpos estigmatizados pelas truculências da história. Tudo para privilegiar os grupos que “presidem” o país desde a época em que uma das principais propulsoras da nossa economia era a chibata.

 

 

COMO A GLOBO MANIPULOU ESTUDO QUE (NÃO) DIZ QUE GLOBO É CONFIÁVEL

Por Valentin Ferreirarede_globo_logo_and_wordmark_1975.jpgImagem Reprodução

Por Michel Arbache, no Portal LN

O Jornal Nacional (1) de quinta-feira (29/06/2016) deu destaque para um estudo feito pelo Instituto Reuters – Universidade de Oxford – sobre a “confiança (sic)” do público em relação a mídia e que “o foco (sic) é a confiança do público numa época de notícias falsas, as fake news”. 

Continue lendo “COMO A GLOBO MANIPULOU ESTUDO QUE (NÃO) DIZ QUE GLOBO É CONFIÁVEL”

MÍDIA DENOREX: AQUELA QUE “PARECE, MAS NÃO É”

Por Valentin Ferreira

TUDO TEM UM DEPOIS

Não é surpresa ver essa gente que posou de mocinho para praticar o golpe parlamentar, ter seus passos e atos vindo à tona com a crueza original. Nada mais revelador daquilo que constituiu o enredo nu é cru da deposição da presidenta que se propôs “limpar a casa”.

Também, não surpreende ver os donos da grande mídia, que patrocinaram e apoiaram o crime praticado, sendo os principais veiculadores das denúncias feitas no dia ontem. Embora não tivessem como esconder, o espalhafato é o mesmo de sempre, querendo mostrar isenção e imparcialidade.

Continue lendo “MÍDIA DENOREX: AQUELA QUE “PARECE, MAS NÃO É””