BANCO MUNDIAL REDUZ PARA 0,3% A PREVISÃO DE CRESCIMENTO DO BRASIL EM 2017

Por: Sandro Pozzi /El PaísO presidente do Banco Mundial, Jim Yong KimO presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim /  REUTERS

Instituição esfria as expectativas de melhora econômica da América Latina

A economia brasileira crescerá 0,3% no atual exercício, dois décimos a menos que o esperado, segundo as previsões do Banco Mundial. O dado indica que a recuperação econômica do país se manterá ainda a um ritmo lento, apesar do triunfalismo do Governo, que nesta semana deu por encerrada a recessão, depois que o PIB cresceu 1% no primeiro trimestre, após dois anos de fortes quedas. Para 2018, o Banco Mundial é mais otimista e mantém o prognóstico de que a economia do Brasil avançará 1,8%.

A economia mundial se recupera. É o prognóstico do Banco Mundial, que assinala que a expansão alcançará este ano 2,7% em todo o planeta graças à melhoria do comércio e da confiança na estabilização do valor das matérias-primas. São três décimos a mais que em 2016 e chegará a 2,9% no ano que vem, para ficar nesse patamar em 2018. Mas a recuperação, adverte a instituição, continua sendo frágil.

  • Matéria Completa: brasil.elpais.com/brasil/2017/06/04/economia/1496548118_492131.html