USP PROPÕE COTA DE 50% PARA ALUNO DE ESCOLA PÚBLICA

Por Valentin Ferreira

No  Brasil 247

Pela primeira vez na história, a Universidade de São Paulo (USP) vai adotar um sistema de cotas para alunos de escolas públicas.

A proposta da reitoria da instituição, que já foi aprovada em várias instâncias, é que a reserva de vagas seja escalonada a cada ano e, até 2021, metade dos ingressantes de cada curso e turno terão de vir da escola pública. O Conselho Universitário, instância máxima da universidade, fará a última análise na próxima terça-feira 4.

Além disso, a Faculdade de Medicina da Universidade vai adotar cota racial, também pela primeira vez na história.

Das 125 vagas do curso, 50 estarão no Sisu. Dessas, 25 serão para alunos da rede pública e 15 para pretos, pardos e indígenas, também da rede pública. As outras 10 vagas no Sisu serão disputadas por ampla concorrência. O restante das vagas continua com disputa pela Fuvest.