IBOPE: CORRUPÇÃO, DESEMPREGO E REFORMAS DE TEMER ABAFAM CONDENAÇÃO DE LULA

Postado por Valentin Ferreira /do  Jornal GGN

Jornal GGN – Além de mostrar que Michel Temer bate recordes históricos de impopularidade, a pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quinta (27) revela também que o noticiário sobre os escândalos recentes da Lava Jato, as reformas trabalhista e previdenciária, o desemprego, o impeachment de Temer e até a prisão de Rodrigo Rocha Loures no caso JBS marcam mais a memória do brasileiro do que a condenação de Lula por Sergio Moro.

O Ibope pediu que os entrevistados citassem até duas notícias negativas que ouviram recentemente e depois fez um ranking. Apenas 1% lembraram que Lula foi sentenciado a 9 anos e meio de prisão por causa do triplex. A maioria (16%) falou sobre corrupção de maneira genérica, 10% sobre a reforma trabalhista, 9% sobre a Lava Jato, 8% sobre Temer ter sido denunciado por corrupção passiva. Somam 10% os que mencionaram algo sobre desemprego, crise financeira nos estados, reforma previdenciária e greves e paralisações.

No geral, 64% acreditam que o noticiário sobre Temer é ruim.

Outro dado mostrado pela pesquisa é a contextualização da aprovação e rejeição ao governo Temer em relação a outros presidentes.

Os gráficos abaixo mostram a marca história atingida pelo peemedebista em termos de má avaliação, mas também revelam que os governos do PT – principalmente o de Lula – foram os mais populares e menos criticados desde Sarney.

 

Arquivo

Fonte: http://jornalggn.com.br/politica