SECA SE AGRAVA E ENERGIA FICA MAIS CARA.

Postado por Valentin Ferreira / por Fernando Britosobradinho

 

Seca se agrava e energia fica mais cara. Mas apagão,na mídia, só com Dilma

Há oito dias, escrevi aqui sobre o silêncio da mídia diante da crise hídrica a que o Brasil está submetido, sem que isso ocupe espaço na mídia.

No dia 11, a capacidade  nacional de armazenamento estava em 30%, com 33,8% nos reservatórios do Sudeste (2/3 do total nacional) e os do Nordeste (1/4 do total) , com apenas 16,4% de sua reserva possível.

No boletim de ontem do Operador Nacional do Sistema, a reserva nacional está em 26,3% e o Nordeste com 10,1% de acumulação.

Sobradinho (NE) terá, amanhã, um volume útil na casa de 5% do total, o mais baixo da história. As ruínas de Remanso, cidade que submergiu com a formação do lago da represa, ressurgiram pela primeira vez, como você ver na foto.

Hoje, o Valor anuncia que deverá ser imposta a “bandeira vermelha”, que encarece as tarifas de energia.

Deve, nada, vai ser.

A geração térmica está tendo de operar a todo vapor, para reduzir a velocidade de queda dos reservatórios.

Serra da Mesa, o maior do Brasil, libera 7,5 vezes o que recebe e está a 8,2% da capacidade. Três Marias, no alto São Francis,co, tem 15%, mas solta dez vezes mais água do que entra. Em Sobradinho, cujo nível já se registrou, solta o dobro do que lhe aflui.

Só não está pior porque os investimentos em energia eólica estão dando frutos e o vento já gera 10% de toda energia elétrica consumida no Brasil.

Se Dilma estivesse no governo, você não estaria lendo estes dados aqui, no Tijolaço (como sempre viu, aliás), Estaria vendo, com belos gráficos e imagens terríveis no quadro da Míriam Leitão, no “Bom Dia, Brasil”.

Fonte:http://www.tijolaco.com.br/blog/category/geral/politica-geral/