INFORMAÇÕES QUE LULA AINDA NÃO PRESTOU. MAS VAI PRESTAR?

Por Valentin Ferreira

                                                                                                Foto sobre Getty imagem

INFORMAÇÕES QUE LULA AINDA NÃO PRESTOU. MAS VAI PRESTAR?

Por Valentin Ferreira 

Essa história dos recibos de aluguel do apartamento vizinho ao do ex-presidente Lula, como de costume, foi mastigado, pela grande mídia durante as últimas semanas.

Claro. É preciso que a Lava Jato ciosa de sua imparcialidade, escarafunche tudo, mesmo quanto o fato parece não ter  lá muito a ver com as investigações em curso.

Diante dos  “trocentos” processos que Lula responde, há alguns  fatos e  objetos que – se vier ao caso – poderão contribuir nas investigações. E evidentemente, para a sua já proclamada condenação. Veja.

  • Recibos originais de aluguel da primeira casa em que morou depois de casado, que segundo a perícia, só serão válidos, se forem assinados com Bic escrita fina cor preta de tampinha azul.
  • Recibo de compra da bicicleta usada da marca Monark, vermelha, barra circular, que ninguém sabe se possuiu.
  • Raio X, com cópia autenticada da perícia médica do acidente ocorrido em 1964 na Metalúrgica Independência, quando perdeu o dedo mindinho.
  • Cupom fiscal do primeiro abastecimento de combustível de sua camionete Ford F1000, 1984, apelidada de “poderosa”, veículo que Sergio Moro gentilmente não confiscou.
  • Cópias de contas de energia para comprovação de residência e verificação de possível consumo excedente, não compatível com a capacidade de pagamento.
  • Certidão de Casamento, nome do padre e da Igreja onde se casou.
  • Recibo das vendas de estrelinhas do PT que fez junto aos seus colegas de sindicato na década de 1980.
  • Comprovação através de declaração de  cinco testemunhas que presenciaram o ex-presidente dos EUA, Barack Obama dizer “esse é o cara”. Afirma-se que tal  frase fora dita por  um agente da CIA disfarçado.
  •  Declaração com firma reconhecida justificando  porque se utiliza  das cores verde, azul e amarelo na logomarca do Instituto Lula.
  • Apresentação de  testemunhas (no mínimo cem) e declaração da USP, que o prédio da ESALQ de Piracicaba não é seu. Fato divulgado por milhares de pessoas através do Face book.
  • Declaração na  qual  se compromete em  não transferir o sitio de Atibaia para outro endereço, ainda que dentro do Estado de São Paulo.
  • Declaração periciada comprovando que “seu” apartamento no Guarujá nunca foi alugado para temporada.
  • Declaração informando que nunca xingou de “nome feio” os filhos do Roberto Marinho.
  • Nome, endereço, CNPJ de cada Universidade e cópias em vídeo, das solenidades de recebimento dos títulos “Honoris Causa”.
  • Original da primeira  Declaração de Imposto de Renda, bem como cópias autenticadas de todos os recibos de dentistas, médicos e advogados.
  • Comprovação de que faz exercícios físicos regulares apresentando cópia autenticada do último check-up. Se apontado algum resultado positivo, informar as providências tomadas.
  • Apresentação  semanal das  cópias de todos os cupons fiscais de compras realizadas em supermercados.
  • Comprovação da data em  que foi aceito como torcedor do Corinthians.