TOMAR VITAMINA C DIARIAMENTE PREVINE RESFRIADOS? O QUE DIZ A CIÊNCIA

Postado por Valentin Ferreira

Estudos provam que o nutriente pode atenuar os sintomas de gripes e resfriados, mas sua ação preventiva está longe de ser consenso.

Por  Guilherme Eler /Nexo Jornal

O ácido ascórbico, popularmente conhecido como vitamina C, é considerado um nutriente essencial porque participa de diversas funções regulatórias do corpo. Entre elas estão a produção de colágeno, a absorção de ferro e, sobretudo, o funcionamento adequado do sistema imunológico.

(…)

Para homens, a ingestão diária recomendada é de 90 mg, valor que está na casa dos 75 mg para mulheres. Uma laranja comum tem 50 mg.  A vitamina C foi isolada pela primeira vez na década de 1930, e ganhou popularidade a partir da década de 1970. Coube ao ganhador do prêmio Nobel de Química de 1954, Linus Pauling, o trabalho de divulgação do nutriente como aliado na prevenção e melhoria de resfriados. À época, Pauling conduziu alguns estudos na área que o levaram a recomendar que americanos consumissem 3000 mg diárias da vitamina.

Se levada ao pé da letra, a indicação do cientista poderia trazer severos prejuízos à saúde. Sabe-se, por exemplo, que doses acima dos 400 mg já são suficientes para a vitamina C começar a ser excretada pela urina. Para um adulto, concentrações diárias além de 2.000 mg são capazes de causar sintomas como náuseas, diarreias e dores abdominais. 2.000 mg (ou 2g) de vitamina C correspondem ao total presente em 4 pastilhas efervescentes, por exemplo.

Para saber mais, leia matéria completa: AQUI