“NÃO HÁ MAIORES POETAS. HÁ POETAS”. Por Carlos Drummond de Andrade

Postado por Valentin Ferreira

Sugestão de Gilverto Cruvinel / Jornal GGN

Não há maiores poetas. Há poetas.

Carlos Drummond de Andrade

“A maioria das pessoas que me consideram o maior poeta brasileiro não leu o que eu escrevi. Ouviram falar. Como acham que fulano de tal é o maior craque de futebol, o outro fulano é o maior compositor, o outro é o maior pintor, eu fiquei sendo o maior poeta por um julgamento que não é um julgamento literário: é uma opinião transmitida socialmente, mas sem nenhuma ponderação crítica.

Nunca me julguei nem julgo, e digo mais: não sei qual é o maior poeta brasileiro de hoje nem de ontem. Para mim, não há maiores poetas. Há poetas. E cada poeta é diferente dos outros. Se não for diferente e se não transmitir uma forma particular e uma maneira especial de sentir, ver e manifestar poesia, ele não é poeta.”

Carlos Drummond de Andrade, entrevista: Jornal do Brasil, 1987, via Língua Morta