QUEM SÓ SE VÊ, NÃO VÊ O MUNDO

Postado por Valentin Ferreira
                                                                                      Ilustração de Pawel Kuczynski

 

Carlos Catañeda disse: “Enquanto você se sente a coisa mais importante do mundo, você não pode verdadeiramente apreciar o mundo ao seu redor, você é como um cavalo com vendas: você só se vê, alheio a todo o resto”. Internet, e especialmente redes sociais, geram esse efeito aterrorizante, impedindo-nos de apreciar as coisas e as pessoas ao nosso redor.