GOLPE CONTRA DILMA POSSIBILITOU AUMENTO DE QUASE 60% NO SALÁRIO DOS JUÍZES.

Postado por Valentin Ferreira

O golpe parlamentar de 2016, que derrubou a ex-presidente Dilma Rousseff (PT), foi bastante lucrativo para os funcionários públicos do Poder Judiciário.

Após o golpe, o governo Temer concedeu dois aumentos que totalizam um acrescimento de R$ 57,78%, (41,4% + 16,38%), sendo que o novo reajuste recai sobre o primeiro, aumentando o rendimento em relação ao período anterior ao golpe. Com o primeiro aumento, em 2016, os juízes do Brasil consumiram R$ 1,26% do PIB somente com salários.

Parece inacreditável, mas o rendimento de todos os juízes do Brasil, em média, equivale a ganhar na loteria todos os anos.

Vale lembrar que antes do golpe, que foi de certa forma chancelado pelo Supremo Tribunal Federal ao não julgar o mérito do impeachment, a presidente Dilma Roussef vetou integralmente “por inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público” o projeto de lei que reajusta os salários dos servidores do Poder Judiciário em até 78,56%. O veto ao Projeto de Lei 28/2015 está na edição de 22 de julho de 2015 do Diário Oficial da União.

“Sua aprovação [do projeto] geraria impacto financeiro de R$ 25,7 bilhões para os próximos quatro anos, ao fim dos quais passaria dos R$ 10 bilhões por exercício. Um impacto dessa magnitude é contrário aos esforços necessários para o equilíbrio fiscal na gestão de recursos públicos”, argumentou a presidente ao justificar o veto.(Carta Campinas e Agência Brasil)