MONSENHOR ROMERO, O NOVO SANTO QUE CHEGOU A SER CONSIDERADO “PERIGOSO” PELO VATICANO

Postado por Valentin Ferreira                             Foto : J. Cavezas – Getty ImagensEntre os fiéis, monsenhor Romero ficou conhecido como ‘o Santo da América’

rinta e oito anos depois de seu assassinato, monsenhor Óscar Arnulfo Romero, de El Salvador – conhecido como forte defensor dos direitos humanos, da paz e dos mais pobres – foi declarado santo pela Igreja Católica.

A cerimônia de canonização foi celebrada neste domingo pelo Papa Francisco e marca a “reconciliação” da Santa Sé com o homem que já chegou a ser considerado um “perigo” e que também era visto como figura “controversa”.

“Eles viam em Romero um perigo, (um risco) de abrir a porta para uma outra forma de fazer teologia”, diz a professora de História e Missão da Universidade Bíblica Latino-americana, com sede na Costa Rica, Karla Ann Koll.

Romero denunciou à Igreja assassinatos e outros crimes cometidos pelo governo militar e por guerrilhas em seu país, mas se queixou de não ter recebido apoio e de até se sentir “abandonado” pela instituição. Ele foi assassinado em 1980, enquanto celebrava uma missa.

Santo

Entre os fiéis, ele ficou conhecido como “o Santo da América”.

O Vaticano o havia beatificado em 2015. Agora, o reconheceu oficialmente como santo, por atribuir a ele o “milagre” que curou, naquele mesmo ano, uma mulher salvadorenha identificada como Cecilia Flores.

A mulher teve complicações na gravidez do terceiro filho e após o parto que, segundo especialistas, “necessariamente a levariam à morte”.

Após orações feitas pelo marido e por um amigo da família ao monsenhor beato, porém, ela acabou saindo do coma induzido em que estava e sua saúde teria melhorado com uma velocidade que surpreendeu os médicos.

O relato acabou chegando à igreja e, após um longo processo de verificação em que foram necessárias várias entrevistas, testemunhas e registros médicos, o milagre foi reconhecido e o levou à canonização.

Na mesma cerimônia, o Papa Paulo 6º e outros cinco beatos também foram declarados santos.

Mas quem é o santo salvadorenho e por que ele foi visto como “perigoso” pela Igreja? É o que a BBC News conta a seguir:

Fonte e matéria completa aqui BBC Brasil