A MENTIRA DE PERNAS LONGAS

Por Blogdovalentin.com.br

Estudo afirma que há mais mentira nas redes sociais do que na vida real

De acordo com o jornal inglês Telegraph, um estudo feito pela Optimum Research mostrou que as pessoas estão muito mais propensas a serem honestas pessoalmente do que em redes sociais como Facebook e Twitter.

O estudo relata que as pessoas acham mais fácil mentir para outras nas redes sociais do que pessoalmente. Segundo um levantamento feito com 2.012 pessoas, apenas 20% dos questionados disseram que eram mais honestos quando se comunicavam pelo Twitter ou mensagem de texto. Quase um terço afirmou que eles eram mais verdadeiros quando falavam com alguém cara-a-cara e, segundo outro estudo não identificado, em 2008 o email foi apontado como a forma menos honesta de comunicação.

Segundo o psicólogo Glenn Wilson, as tecnologias como smartphones e SMS tem sido as grandes responsáveis pela inovação na forma como as pessoas interagem. Por intermédio da tecnologia, elimina-se obstáculos na conversa e abre-se mais seus discursos. “No entanto, às vezes usamos esses meios de comunicação ao invés de ter uma conversa franca cara-a-cara. É mais fácil contar uma mentira para alguém quando não temos que lidar com suas reações ou controlar nossa própria linguagem corporal”, explica o psicólogo.

Com informações do Ohar digital