FILHA DE PEDREIRO, ALUNA DE MEDICINA DA USP VENDE PÃO DE MEL PARA PAGAR INTERCÂMBIO EM HARVARD

Postado por Valentin FerreiraNathalia Oliveira e seus pais, Antônio Carlos e Maria Helena de Oliveira, na casa da famílias em Vargem Grande Paulista, em São Paulo

Da BBC Brasil

“Olá, meu nome é Nathalia Oliveira e tenho uma sugestão de reportagem para vocês”, escreveu a estudante de medicina da USP ao perfil da BBC News Brasil no Facebook, no dia 27 de novembro. A dica era a história dela mesma.

“Tive minha vida transformada pela educação: cresci na periferia de São Paulo, filha de pedreiro e neta de um trabalhador da roça do Ceará. Ambos me incentivaram nos estudos e hoje estou prestes a sair uma vez mais das estatísticas: fui aprovada para fazer um intercâmbio de pesquisa científica em Harvard no ano que vem.”

Vinte dias depois da mensagem, a reportagem visita a casa dos pais da estudante em um bairro pacato de Vargem Grande Paulista, cidade na região metropolitana de São Paulo. Sorrindo, Nathalia abre o portão de madeira enquanto o cachorro da família checa quem é o estranho que chegou.

“Você achou a rua fácil?”, pergunta. “Celular aqui não funciona direito.”

Nathalia tem 22 anos, estudou boa parte da vida em escola pública, fez cursinho com bolsa, passou em Medicina em quatro universidades públicas e, agora, em seu terceiro ano na Universidade de São Paulo, foi aprovada para passar um ano em uma das instituições de ensino mais conhecidas do mundo, a universidade americana de Harvard.

Matéria completa BBC Brasil