MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO “NÃO RECOMENDA SOPA DE LETRINHAS”

Por Blog do Valentin Ferreira

O Ministério da Educação divulgou uma nota na noite de quarta-feira (30) na qual acusa o jornalista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, de “ser treinado em marxismo e leninismo” pelo Partido Comunista Soviético. O ministério afirmou também que o chefe da pasta, Ricardo Vélez, se recusa a “adotar métodos de manipulação da informação, desaparecimento de pessoas e de objetos que eram próprios de organizações como a KGB”, o serviço secreto da antiga União Soviética.

Leia Mais AQUI