A INDIFERENÇA É UM LUGAR QUENTINHO

Por Blog do Valentin

Por Valentin Ferreira

O que me assusta não são as ações e os gritos das pessoas más, mas a indiferença e o silêncio das pessoas boas.

“A frase acima foi proferida por  Martim Luther King Jr. um dos mais importantes líderes do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos, e no mundo, com sua campanha pela não violência”.

“Ele organizou e liderou marchas a fim de conseguir o direito ao voto, o fim da segregação, o fim das discriminações no trabalho e outros direitos civis básicos, que mais tarde foram inseridos na Lei de Direitos Civis (1964), e da Lei de Direitos Eleitorais (1965).”

As injustiças, nas quais esbarramos todos os  dias, gritam por ações e comprometimento. Eles – os donos do poder – nos querem longe dos compromissos com  a cidadania; com a defesa de políticas públicas que beneficiem os mais fracos e com nossa defesa intransigente pela dignidade humana. A cada dia que passa  a dívida social aumenta e o preço a ser cobrado é imprevisível.

Contra a indiferença, mais um ensinamento de King: No final, não nos lembraremos das palavras dos nossos inimigos, mas do silêncio dos nossos amigos.” (Com informações da Wikipédia)