VÍDEO: SABRINA FERNANDES: “Há perigo real de articulação do fascismo em 2020”

Da Carta Capital

O ano muda, mas a conjuntura continua a mesma. Para 2020, a tendência esperada é de agravamento das políticas de austeridade adotadas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, que recaem principalmente sobre a população mais pobre. Além disso: emerge um partido abertamente fascista, o “Aliança pelo Brasil”, o que torna ainda mais decisivo o papel dos setores progressistas na defesa da democracia e dos direitos humanos.

Essa é a opinião da socióloga Sabrina Fernandes, que expôs suas perspectivas para este ano no segundo episódio da série especial de CartaCapital, “2020 em 10 pontos”. Doutora em Sociologia pela Carleton University, no Canadá, Sabrina é criadora do canal “Tese Onze”, no YouTube, e autora do livro Sintomas Mórbidos: A encruzilhada da esquerda brasileira, pela editora Autonomia Literária.