TUDO BEM RETIRAR A PARTE MOFADA DO ALIMENTO E COMER O RESTO?

QUEIJOS MOLES MOFADOS DEVEM SER DESCARTADOS, AFIRMA SERVIÇO AMERICANO

Quando encontramos alimentos mofados, muitas vezes somos capazes de ver apenas a parte superficial dos fungos. Mas esses seres vivos possuem estruturas que se fincam fundo nos alimentos

Em 1928, o bacteriologista inglês Alexander Fleming voltou de um período de férias ao seu laboratório, que encontrou bastante bagunçado. Ao examinar uma cultura das bactérias Staphylococcus aureus, causadora de infecções respiratórias e cutâneas, além de intoxicação alimentar, percebeu que ela estava contaminada com um mofo chamado Penicillium notatum.

Curiosamente, o mofo parecia ter freado o crescimento das bactérias. Esse foi o primeiro passo para a descoberta da penicilina, que salvou incontáveis vidas ao mudar a forma como se tratam infecções bacterianas.

Essa anedota não serve, no entanto, para concluir que produtos mofados “são como penicilina”, e que tudo bem consumir pão mofado. Assim como são danosos para as bactérias, o mofo e as substâncias que ele produz podem ser danosos para os seres humanos.

Veja Matéria Completa Nexo Jornal