BRASIL: UM “CASE” DE SUCESSO

Por João Ximenes Braga

Rolezinho pelo noticiário da capital internacional do neoliberalismo pinochetguediano, do esplendor do Estado mínimo, do teto de gastos e do fim da corrupção.

– 39.9 milhões de pessoas na miséria.

– Salário mínimo com o menor poder de compra de cestas básicas em 17 anos.

– Crimes horrendos motivados por racismo, misoginia, homofobia, inclusive contra crianças, seguem se avolumando, mas ninguém está contando.

– Não há vacina, não há seringa, e o energumeníssimo podrecente da República vai às redes sociais defender o tratamento com remédio de verme.

– Miguel Nicolelis vai às redes avisar que se o país não entrar em lockdown, coisa que, sabemos, não vai acontecer, este ano “não daremos conta de enterrar nossos mortos”.

Essas informações estão todas espalhadas pelos portais, mas são a mesma notícia e a manchete deveria ser “Brasil: um ‘case’ de sucesso”.

Era exatamente isso que propunha o programa “Ponte para o futuro” apresentado por Michel Temer à sociedade brasileira. Graças ao apoio maciço da nossa imprensa, a sociedade brasileira o adotou.

E a ponte para o futuro nos trouxe exatamente aqui, no primeiro dia em que o primeiro português matou o primeiro índio e nos deixou como legado a morte, a violência, a tortura, o rapto, o estupro, a escravidão.

Os coleguinhas estão de parabéns.