ONU DIZ QUE VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES NA AMÉRICA LATINA É UMA PANDEMIA

Foto: Mídia NINJA

Do Brasil 247

 Organizações de mulheres denunciaram o aumento dos casos de violência e feminicídios na região latno-americana desde o início da pandemia de covid-19. De acordo com a ONU, durante a pandemia, o número de ocorrências de violência contra as mulheres aumentou porque muitas das vítimas tiveram que ficar confinadas em suas casas.

Durante a pandemia “podemos constatar que as consequências para as mulheres foram desproporcionalmente negativas”, disse a diretora regional para a América Latina e o Caribe da ONU Mulheres, María-Noel Vaeza.

María-Noel Vaeza alertou que a violência contra as mulheres na América Latina tem dimensões pandêmicas e os indícios mostram que está aumentando. A representante da ONU Mulheres afirmou que ainda não há dados consolidados, mas os “números emergentes mostram um aumento das denúncias e da procura de apoio” devido à violência contra as mulheres, informa a Telesul.