“A CONCENTRAÇÃO DE CAPITAL ESTÁ CADA VEZ MAIOR NO BRASIL”, DIZ PROFESSOR DA USP.

Alysson Mascaro – Jurista e Professor da USP (Foto: Divulgação)

Do Brasil 247

O jurista e professor da USP Alysson Mascaro afirmou à TV 247 que há um movimento no Brasil e no mundo de maior concentração de riquezas, mesmo diante de toda a crise financeira decorrente da pandemia de Covid-19.

“O que está acontecendo no mundo é uma espécie de aceleração da acumulação em mãos ainda menores. Ou seja, a concentração de capital está se tornando ainda maior. Para esses que têm todo o capital e que estão ainda tomando mais sangue do nosso povo, está ótimo. Efetivamente, nós estamos aumentando o número de bilionários no Brasil no ano da pandemia”, falou.

Mascaro alertou que não se pode esperar dos mais ricos a proposta de uma mudança no cenário econômico. Para eles, segundo o professor, é melhor manter do jeito que está. “Se todos os maiores capitalistas do Brasil e do exterior estão lucrando extraordinariamente com a crise brasileira e mundial, se o lucro está extraordinário, esta classe não vai mudar a situação. Pelo contrário, vai lutar para manter do jeito que está”.

A classe média, por sua vez, “ainda não entendeu que está perdendo”, disse Mascaro. Portanto, “a única plataforma possível de ação” para reverter o quadro atual de concentração de renda, de acordo com o professor, “não é convencer o 0,001%” que detém a maior parte do capital do planeta “de que o mundo está mal embora eles estejam bem”. “Também não é convencer a classe média, que não entendeu ainda a realidade”, afirmou o professor. “Qual é a única possibilidade? É convencer o povo”, concluiu.

Veja a entrevista concedida à TV 247, AQUI