EDINHO SILVA, PREFEITO DE ARARAQUARA, DIZ QUE A TERCEIRA ONDA “VIRÁ E SERÁ VIOLENTA” E BAIXA NOVO DECRETO PARA FREAR A DOENÇA

O prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT-SP), baixou um decreto na quinta-feira (20) determinando que as atividades econômicas da cidade voltarão a fechar caso a taxa de positividade de exames para detectar a Covid-19 chegue a 30%, entre sintomáticos, por três dias seguidos ou por cinco dias alternados. Ou que alcance 20% dos testes gerais feitos no município.

A ocupação de UTIs de hospitais da cidade chegou a 94% e o número de casos está subindo. O prefeito prevê uma nova situação dramática, caso as pessoas não mantenham a adesão a protocolos rígidos para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

“A terceira onda virá, e será violenta”, afirma Edinho, referindo-se não apenas ao município de Araraquara, mas a todo o estado de São Paulo, informa a jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

A cidade ficou mundialmente conhecida por ter reduzido os casos de Covid, mortes e internações pela doença, após adotar um rigoroso lockdown de dez dias, a partir do dia 21 de fevereiro.

Do Brasil 247