A BÍBLIA APROVA RELAÇÕES HOMOAFETIVAS?

Por Frei Betto

O Catecismo da Igreja Católica (2357/140) considera o relato de Sodoma em Gênesis 19,1-19 uma referência fundamental para a proibição absoluta de relação homossexual. Contudo, a maioria dos exegetas, especialistas em Bíblia, afirma, com base no método histórico-crítico, que aquela passagem bíblica se refere à hospitalidade e ao abuso sexual “e não tem praticamente qualquer relevância para a discussão sobre pessoas com orientação homossexual em relacionamentos amorosos monogâmicos e comprometidos” (Todd A. Salzman e Michael G. Lawter, A pessoa sexual – por uma antropologia católica renovada, São Leopoldo, Unisinos, 2012, p. 23).

Continue Lendo

SOB BOLSONARO, TRABALHADOR NUNCA RECEBEU AUMENTO REAL NO SALÁRIO

Ontem (26), foi divulgado um estudo feito pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) que revelou que trabalhadores formais não têm ganho real há três anos. A junção de desemprego, atividade econômica em baixa e alta da inflação tornaram as negociações de reajuste salarial quase impossíveis em 2021.

Nos dois anos anteriores a variação mediana dos salários foi de zero pontos percentuais, em 2021 o cenário ficou ainda pior, passando a ser 0,1% negativo.

Continue Lendo

PROFESSOR EXPLICA: COMUNISMO, SOCIALISMO, CAPITALISMO, RELIGIÃO…

Do Portal do José

Em muitas eleições pela América Latina impressiona o discurso de que os candidatos de esquerda querem a implementação do comunismo. O comunismo funciona assim, como um fantasma utilizado de modo eficaz para enganar os eleitores pobres. É uma aberração o que o mercado econômico e as elites empresariais e financeiras conseguem fazer. Usam a ideologia criada para a libertação das classes mais pobres contra as mesmas. O comunismo é um modelo ainda no campo da utopia e dos sonhos onde a igualdade entre os homens seria a concretização de um mundo perfeito.

Continue Lendo

CARTA COMPROMISSO DE LULA

Esta a síntese dos compromissos assumidos por Lula na campanha eleitoral para presidente da República, em 1998 (ABr)

Por Frei Betto /D.Total

Candidato a presidente da República, Lula alerta que “chegou a hora de rompermos com a tradição de poder das elites brasileiras”. “Proponho-me a fazer do poder político um instrumento capaz de promover as profundas reformas exigidas pela nossa sociedade”.

Lula assume publicamente os compromissos de “fazer, da geração de empregos, a prioridade número um do meu governo; de livrar o Brasil da vergonha histórica de ser uma Nação ainda com legiões de famintos e flagelados, doentes e analfabetos, desempregados e humilhados, sobreviventes da dor; de acabar com a vergonha de termos uma infância abandonada e garantir a todas as crianças do Brasil um lugar assegurado em uma escola com qualidade; e fazer da saúde um dever do poder público.”

Continue Lendo

EM 2022, A JUSTIÇA MIRA AS ELEIÇÕES PARA TENTAR REPARAR OS ERROS DE 2018

Coletiva de imprensa ministro Luís Roberto Barroso – Novas urnas 13/12/2021
Foto: Antonio Augusto/secom/TSE

Fazer um balanço do ano de 2021 para a Justiça brasileira é uma tarefa hercúlea, mas, se há uma imagem que ilustra esse desafio, é a da maré batendo nas pedras, o impulso encontrando o obstáculo que lhe serve de revés. Em uma palavra: arrebentação. A metáfora é bonita, mas sua função é menos poética do que se possa almejar e, em uma análise mais histórica, ela revela dois pontos: 1) o da conta das eleições presidenciais de 2018 chegando ao Supremo; 2) e o da Lava Jato mostrando a sua face política sem a camuflagem do impeachment, com Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, respectivamente juiz e procurador-chefe da Operação Lava Jato, filiando-se ao Podemos e assumindo candidaturas.

Continue Lendo