SOBRE SER E TER FILOSOFIA

Por Fernanda Moura em :obviousmag.org

Ouvi em algum lugar que o simples fato de explicar o que é filosofia já exige o exercício de filosofar. Achei fantástica esta frase, pois não há nada mais difícil do que tentar explicar para alguém que não gosta de pensar o que é filosofar. Não dá. É como tentar explicar o que é beijar para quem nunca beijou. É como comer algo com os olhos e narizes tapados. É uma experiência incompleta e vaga.

O filósofo é uma criança descobrindo o mundo. Perguntas mil para poucas respostas. O filósofo é movido por uma vontade infantil de puxar o tapete das nossas verdades absolutas. Das nossas “certezas”. Das nossas construções engessadas em aparente conhecimento.

Continue Lendo

UMA REFLEXÃO SOBRE O TEMPO

Por :falandoemliteratura.com

 Quem conseguir responder o que é o tempo, terá conseguido solucionar um dos grandes enigmas da humanidade. Parece fácil se pensarmos no tempo cronológico, nas horas, mas eu falo do tempo baixo uma perspectiva filosófica/antropológica/sociológica/psicológica/histórica e até científica. E sem citar a questão mitológica do tempo. É muito pensar…

Nós passamos, o universo não. Somos provisórios, o tempo não. O nosso entendimento sobre o perene é muito limitado. O nosso alcance também. Só entendemos do tempo sobre o que vemos no nosso mundo. Descartamos outros espaços, universos, atmosferas, dimensões, essas coisas nem são consideradas. Não temos como comparar, nem como entender melhor o que é o tempo. O homem é um bicho muito limitado.

Continue Lendo