NÃO SÓ OMO LAVA MAIS BRANCO

O que repugno no discurso de Fernández é essa empáfia de achar que descender de europeu é prova de requinte humano. Na foto, o primeiro ministro espanhol, Pedro Sánchez, e o presidente argentino, Alberto Fernández. (Casa Rosada)

Por Frei Betto

Também o diversionismo ideológico. Alberto Fernández, presidente da Argentina, declarou em diálogo com Pedro Sánchez, premiê da Espanha: “os mexicanos saíram dos índios; os brasileiros saíram da selva; mas nós, argentinos, chegamos dos barcos – barcos que vinham da Europa”.

Há brasileiros que se sentiram ofendidos. Não é o meu caso. Fernández tem razão, viemos da selva e da senzala. Foi o que constatou o Projeto Genoma 2000 ao pesquisar o DNA predominante dos brasileiros. Sinto-me honrado ao saber que descendo de duas etnias oprimidas por nossos colonizadores. E altamente civilizadas.

Continue Lendo

500 MIL MORTOS POR COVID 19: BRASIL GRITA FORA BOLSONARO

Fotos: Mídia Ninja

Manifestações mais do que dobraram em relação aos atos de 29 de maio. No dia em que o Brasil alcança a triste marca de meio milhão de vidas perdidas para a pandemia, centenas de milhares de pessoas sairam às ruas para pedir “Fora Bolsonaro”, vacina no braço e comida no prato.

Com um governo negacionista e vacinação atrasada, o Brasil atingiu neste sábado (19) a marca de 500 mil mortes por covid-19. Foram 1.401 mortes desde as 20h de sexta-feira (18), o que levou o total de óbitos a 500.022. Os dados foram coletados pelo consórcio de veículos de imprensa, junto às secretarias estaduais de Saúde.

Continue Lendo

PROTEJA-SE E VÁ. PORQUE É PARA SALVAR VIDAS

Por Fernando Brito

Tenho me mantido recolhido, tanto quanto possível e até um pouco mais do que as pessoas compreendem e relevam, nestes pouco mais de 15 meses de pandemia.

Como qualquer pessoa, ainda mais com idade e comorbidades para “ajudar”, quero viver.

Amanhã, porém, com todos os cuidados, irei ao ato de protesto contra o desgoverno que assola o país, porque não é possível proteger a própria vida se disso resulta colocar em risco a vida de muitos brasileiros como eu.

Não há um epidemia em descenso, que esteja para, com mais algumas semanas, controlada e prevenida pela vacinação.

Continue Lendo

COMO ESSE GOVERNO ENXERGA OS POBRES

Por Cristina Serra / Guedes e o ódio aos pobres

As políticas excludentes e de base eugenista da dupla Bolsonaro-Guedes também compõem a causa mortis desses brasileiros

Paulo Guedes não falha. Sempre oferece variações sobre o mesmo tema, qual seja, sua aversão às pessoas pobres. Mas, agora, ele se superou. Disse que as sobras e os excessos dos almoços da classe média e dos restaurantes podem ser utilizados para alimentar mendigos e desamparados.

Ele enunciou tamanho absurdo sem corar, muito à vontade, sabendo que expressa ponto de vista de setor bastante representativo da sociedade brasileira, do qual é porta-voz. É a mesma visão de mundo por trás da famigerada “farinata”, ração feita com produtos próximos da data de vencimento e que o então prefeito João Doria tentou oferecer a famílias carentes.

Continue Lendo

MORTE E VIDA DA PEQUENA EMPRESA NO PÓS-PANDEMIA

Gigantes do varejo monopolizam como nunca as vendas e arruinam milhões de empreendedores. Mas cresce tendência oposta: o consumo consciente e local, oportunidade para recuperar economia, caso haja políticas públicas robustas…

Do Outras Palavras

Não há mais dúvida que o mundo mudou radicalmente nos últimos dois anos.

A pandemia, o medo do contágio e a consequente necessidade de distanciamento social aceleraram dramaticamente os processos de automação que estavam em curso inicial ou em gestação.

Pequenas indústrias, empresas de serviço e comércio tiveram que rapidamente se adaptar para não fechar as portas.

A explosão dos Market Places

Continue Lendo