VACINA: QUER PAGAR QUANTO?

Vacinação ilegal em garagem de companhia de ônibus em Belo Horizonte – Reprodução

Por Gabriela Prioli

O governo Bolsonaro trata a vida como um asset político. Ora defende o tratamento precoce e demoniza a vacina, ora se apropria da vacina como conquista particular. Quem sofre às margens do Ipiranga são aqueles que, sem cargos ou fardas, nunca ouviram o grito de liberdade.

Num país que se organiza a partir do interesse de poucos, os desempregados da pandemia padecem em um sistema de saúde superlotado (apesar dos diversos leitos vazios nos hospitais do Exército), com um auxílio emergencial de fome, sem políticas públicas, sem salário, sem vacina, sem esperança.

Continue Lendo

COMO FUNCIONA O CÉREBRO DE UM MENTIROSO

Quando alguém mente de forma repetida, deixa de ter uma resposta emocional às suas próprias falsidades. Assim, e ante a uma ausência total de sentimentos, essa prática se torna mais fácil e se converte num recurso habitual. É por isso que os neurologistas chegaram à conclusão de que o cérebro de um mentiroso funciona de maneira diferente: são mentes habilmente treinadas para esse propósito.

Se há algo que caracteriza o cérebro humano é a sua plasticidade, sabemos disso. Portanto, não ficaremos surpresos em saber que mentir é, afinal, uma habilidade como qualquer outra, e que, para manter um bom nível de excelência, basta praticar diariamente. Algumas pessoas sentem paixão por matemática , design ou escrita, disciplinas que por si só também modelam cérebros distintos com base em nossos estilos de vida, nossas práticas usuais.

“Uma mentira pode salvar o presente, mas condena o futuro.”
-Buda-

Continue Lendo

MORTE DO CENSO POR INANIÇÃO REPRESENTA GOVERNO QUE CRIA SUA PRÓPRIA VERDADE

Imagem: Acervo IBGE

Por Leonardo Sakamoto

O Congresso Nacional aprovou um corte de mais de 90% no orçamento do Censo do IBGE que estava planejado para este ano. Digo “estava” por que esse valor inviabiliza na prática o levantamento, fundamental para o país.

A previsão era gastar R$ 2 bilhões neste ano – o que já seria uma sombra da estimativa de R$ 3,4 bilhões de 2019. Naquela época, o valor foi desidratado e o número de questões, reduzido.

O Censo, que já estava atrasado um ano por conta da pandemia, entrou na fila da UTI. Funcionários ainda temem pela covid, mas não foi isso que enterrou a pesquisa, mas o fato de termos um governo que não dá valor para dados e fatos reais e que construiu essa desidratação orçamentária.

Continue Lendo

COVID-19: PREOCUPE-SE MENOS COM SUPERFÍCIES E BUSQUE MÁSCARAS MELHORES E VENTILAÇÃO

Uso de máscaras eficazes contra a covid-19 tem um papel extremamente importante no enfrentamento da pandemia

Limpar compras e superfícies não é tão importante contra a covid-19, que se transmite principalmente por gotículas de saliva, que podem ser bloqueadas por máscaras

 Um ano depois do início da pandemia de covid-19, orientações de saúde gerais ainda se concentram muito em limpeza e desinfecção de superfícies. No entanto, pesquisadores do mundo todo consideram que essas medidas são menos importantes para evitar a contaminação pelo novo coronavírus, que se transmite majoritariamente por gotículas de saliva e aerossol emitidos pela pessoa contaminada, ao falar, tossir ou espirrar. Especialistas em saúde defendem que a proteção efetiva contra a covid-19 se dá por medidas como o uso de máscaras adequadas e bem ajustadas, manter os ambientes ventilados e preservar o distanciamento das outras pessoas, além de evitar aglomerações.

Continue Lendo