MARTA E AÉCIO, ENGOLIDOS E CUSPIDOS PELO GOLPE QUE AJUDARAM A DAR NA DEMOCRACIA. Por Kiko Nogueira

Postado por Valentin Ferreira

Marta Suplicy e Aécio Neves foram cuspidos pelo golpe que ajudaram a engendrar.

Alguém falou em “maldição do impeachment”.

O caso de ambos mistura cálculo político de curto prazo, oportunista, movido, sobretudo, a ressentimento. E ressentimento, como se sabe, é um veneno que o sujeito toma esperando que o inimigo morra.

Marta anunciou sua saída do (P)MDB numa carta melancólica endereçada “aos paulistas”.

“A relação de grande parte dos partidos e de parlamentares com o Executivo na base de nomeações e vantagens levou ao insuportável ‘toma lá dá cá’, afrontando todos os padrões de dignidade e honradez da sociedade”, diz ela, fazendo a noviça, como se não tivesse sido sempre assim e se ela não houvesse se beneficiado disso.

Continue Lendo

GLOBO PREVÊ FINAL “INESQUECÍVEL” PARA BETO RICHA, SEMELHANTE AO DE AÉCIO NEVES

Postado por Valentin Ferreira 

O jornalista Lauro Jardim, d’O Globo, diz neste domingo (5) que o governador do Paraná Beto Richa (PSDB) terá um final “inesquecível” como o do senador Aécio Neves (PSDB-MG); leia artigo de Esmael Morais.  

Continue Lendo

VOTO DE CÁRMEN LÚCIA É O “COM O SUPREMO E COM TUDO”

Postado por Valentin Ferreira/ da Revista Fórum

Por Renato Rovai / Revista Fórum

A votação realizada no Supremo Tribunal Federal durante todo o dia de ontem para definir até onde o órgão poderia impor medidas cautelares a parlamentares no exercício das suas atividades foi uma das mais importantes dos últimos tempos. Menos pelo seu resultado em si e mais pelo simbolismo. Porque a votação seria o melhor momento para ver até onde os ministros estavam decidindo de olho na história, na Constituição ou no que iria acontecer com Aécio. E isso independia do voto ser a favor ou contra a ação provocada pelo PP, PSC e Solidariedade.

Continue Lendo

VAZA DEPOIMENTO QUE AÉCIO DEU À POLÍCIA FEDERAL, SEM ALARDE NA GRANDE MÍDIA

Por Valentin Ferreira / do Jornal GGN 

Sem espetáculo midiático, o senador Aécio Neves prestou depoimento à Polícia Federal, no início de maio de 2017, no inquérito em que é suspeito de receber propina de esquemas em Furnas. Mas toda a discrição não evitou que o conteúdo do interrogatório fosse vazado ao público nesta segunda (10), por meio um jornal da grande mídia.

Por  /Jornal GGN

Na reportagem em que informa que Gilmar Mendes concedeu mais 60 dias para a PF concluir o inquérito contra Aécio, o Estadão divulgou um arquivo onde consta o relatório do delegado Alex Rezende sobre o depoimento do tucano.

Ao contrário do que aconteceu, por exemplo, com o depoimento de Frederico Pacheco – o primo de Aécio flagrado transportando malas de propina da JBS – a PF não indicou possuir nenhuma carta na manga contra o senador.

Continue Lendo