O MISTÉRIO DA ORIGEM DOS OCEANOS TERRESTRES

As rochas do disco que se formou ao redor do Sol primitivo continham os elementos que permitiram a existência da água na Terra. University of Copenhagen/Lars Buchhave

Por Daniel Mediavilla

Análise de treze rochas vindas do espaço mostra que a água da Terra tem sua origem em um tipo de asteroides que até agora se pensava que fossem secos

Há teorias que afirmam que não deveríamos existir, ou pelo menos sugerem que nossa vida hoje não parecia estar nos planos iniciais. Uma delas é a do Big Bang, que diz que na origem do universo se criou a mesma quantidade de matéria e antimatéria. Quando uma partícula encostava em sua antipartícula, se desintegrava, tornando impossível a acumulação de átomos que possibilitou o mundo que conhecemos. Um fenômeno ainda sem explicação desfez esse empate e permitiu nossa existência, mas ainda havia obstáculos a superar antes de se tornar realidade. Outro acontecimento afortunado é que o cobriu a Terra de oceanos e a tornou fértil à vida

Continue Lendo

PASSANDO A BOIADA

“Aproveitaram o Covid-19 para passar a maior boiada da história recente do País”, afirmou o jornalista Luis Nassif ao criticar o projeto aprovado pelo Senado que privatiza os serviços de água e esgoto no País

Nem mesmo a compra de grandes extensões de terras brasileiras por estrangeiros, é um risco maior do que essa loucura – endossada pela mídia”, disse em análise publicada no Jornal GGN. 

De acordo com o jornalista, “nas próximas décadas, a água será a mais importante commodity do planeta”. “O Brasil possui água em abundância, aquíferos, rios. É um bem público. Por isso não pode ser propriedade nem de estados, municípios, menos ainda de empresas privadas. Municípios têm direito de dispor sobre os serviços de saneamento, opinar sobre o uso da água. Mas nem mesmo eles podem ser proprietários”.

Continue Lendo

ADEUS À ÁGUA COMO BEM COMUM?

Bolsonaro e Congresso empurram, a toque de caixa, projeto que pode acabar com empresas públicas de Saneamento. Conheça os antecedentes; a participação da Coca-Cola, do senador Jereissati e dos EUA. E não estranhe o silêncio da mídia…

Por José Alvaro L.Cardoso

O problema da falta de água, que é diagnosticado em várias partes do mundo, afeta sempre a sociedade de forma diferenciada. Como todo direito básico existente, quem enfrenta dificuldades no acesso a água são sempre os mais pobres, o que ocorre tanto nos países imperialistas centrais, quanto nos subdesenvolvidos. Os EUA e a Europa também enfrentam grandes problemas de falta de água, a maioria dos rios dos EUA e do Velho Continente estão contaminados. No caso dos EUA, o próprio desenvolvimento recente da indústria extrativa de gás de xisto contribui para a contaminação dos lençóis de água.

Continue Lendo

MUDANÇAS CLIMÁTICAS REFORÇAM DESIGUALDADE NO MUNDO

Postado por Blog do ValentinDisparidades econômicas tendem a piorar com as mudanças climáticas, e não apenas em países pobres, mas também nos industrializados. Especialistas afirmam que o planejamento preventivo é a chave para reduzir os efeitos.

Do Deutsche Welle

Enquanto secas, inundações e incêndios estampam as manchetes em todo o mundo, o preço mais alto está sendo pago por aqueles que já são pobres ou marginalizados.

Estas são as conclusões de um estudo recente dos pesquisadores Noah S. Diffenbaugh e Marshall Burke. A pesquisa revelou que a diferença econômica entre países ricos e pobres teria sido menor sem a crise climática.

Continue Lendo

A NATUREZA JÁ NÃO PODE MAIS SUSTENTAR OS HUMANOS

Postado por Blog do Valentin
Metade da população mundial sofrerá com a redução de benefícios naturais como a polinização e a limpeza da água nos próximos trinta anos

Por Miguel Angel Criado / El Pais

Em 30 anos, mais de metade da população mundial sofrerá as consequências de uma natureza gravemente ferida. Um amplo estudo modelou o que os diferentes ecossistemas e processos biológicos oferecem hoje aos seres humanos e o que poderão lhes dar em 2050. Por diversas causas, a maioria antropogênicas, processos naturais como a polinização dos cultivos e a renovação da água reduzirão sua contribuição ao bem-estar humano. A pior parte caberá a regiões que hoje têm um maior capital natural, como a África e boa parte da Ásia.

Continue Lendo

AS POSSÍVEIS SOLUÇÕES PARA A ESCASSEZ DE ÁGUA NO MUNDO

Postado por Blog do Valentin

Da BBC Brasil

Embora dois terços do nosso planeta sejam cobertos pela água, mais de um bilhão de pessoas não têm acesso a água potável.

A água doce representa só 3% desse total. Disso, estima-se que 90% sejam usados na agricultura. O que resta é para uso industrial ou para beber.

Até 2025, quase 2 bilhões de pessoas estarão vivendo em países ou regiões com escassez de água, segundo a ONU.

Diversos países lidam com dilemas sobre como providenciar água para seus cidadãos.

A BBC lista cinco soluções em potencial – confira no vídeo AQUI

 

 

 

Continue Lendo