VENENO NO PÃO: BRASIL PODE LIBERAR TRIGO TRANSGÊNICO

O trigo transgênico é resistente ao glufosinato de amônio, mais tóxico que o glifosato – Bloomberg / Colaborador/Getty Images

Por Dri Delorenzo / Revista Fórum

A Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), do Ministério da Ciência Tecnologia e Inovação, pode colocar em votação nesta quinta-feira (10) a liberação da importação do trigo transgênico no país. Diversas entidades estão se mobilizando e há uma petição online organizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) contra a medida.

De acordo com o Idec, se a CTNBio aprovar o trigo transgênico no país um novo veneno extremamente tóxico poderá estar presente no pão nosso de cada dia. “O trigo transgênico é resistente ao glufosinato de amônio, mais tóxico que o glifosato, um agrotóxico classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como potencialmente cancerígeno. Se houver a liberação, o trigo pode ter resíduos desse veneno tóxico que serão incorporados às farinhas e seus derivados. Isso significa que poderá aumentar a presença dessa substância em alimentos básicos de consumo diário, como pães, massas, pizzas, bolos, salgados, biscoitos, entre outros.”

Continue Lendo

OS SABORES E SABERES DAS MULHERES DA AMÉRICA LATINA, EM UMA SÉRIE DE TV

Nova temporada de ‘Street Food’, sobre a comida de rua no Brasil, Argentina, e Bolívia, México, Colômbia e Peru, no Netflix

Por Almudena Barragán

A maioria dos grandes chefs da América Latina é de homens. Sua culinária de altíssimo nível é a embaixadora da gastronomia de seus países, e muitos deles recorrem a novas técnicas e sabores que misturam à tradição para se destacar. Essa tradição é a mesma que se mantém viva em quiosques e mercados, que alimenta cidades inteiras que vivem com pressa, onde o que as pessoas querem é comer rápido, gostoso e por pouco dinheiro. Se algo têm em comum as ruas do México, Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia e Peru são suas barraquinhas de comida, normalmente atendidas por uma mulher.

Continue Lendo

O VENENO NOSSO DE CADA DIA

Postado por Blog do Valentin

Por Felipe Carreras / Correio Brasiliense

Diz o ditado popular que a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. Porém, no Brasil, quando o assunto é agrotóxico, estamos assistindo ao quanto mais “melhor”. Neste ano, foram liberados 262 novos produtos dessa natureza, a maior liberação da história. É mais de um por dia. Antes de continuar, quero dizer que não sou contra a utilização correta, moderada, estudada e bem-intencionada desses remédios. O problema é que não é o que parece acontecer no Brasil.

É inadmissível assistirmos aos bebês da cidade de Limoeiro do Norte, no Ceará, apresentando puberdade precoce devido à ação dos agrotóxicos, como indicou a pesquisa da Universidade Federal do Ceará e está sendo investigado pelo Ministério Público estadual. É inaceitável o Brasil dobrar os casos de intoxicação por defensivos de 7.001, em 2009, para 14.664, em 2018, com a Organização Mundial da Saúde afirmando que esse número pode ser 50 vezes maior, como publicou a imprensa. Entre 2007 e 2015, segundo números do Ministério da Saúde, divulgados também por sites de notícia, foram cerca de 84 mil intoxicados.

Continue Lendo

500 MILHÕES DE ABELHAS MORTAS EM TRÊS MESES. AGRICULTURA BRASILEIRA PODE ENTRAR EM COLAPSO

Postado por Blog do Valentin

Nos últimos três meses, mais de 500 milhões de abelhas foram encontradas mortas por apicultores apenas em quatro estados brasileiros, revela reportagem de Pedro Guigori para a Agência Pública e Repórter Brasil. Foram 400 milhões no Rio Grande do Sul, 7 milhões em São Paulo, 50 milhões em Santa Catarina e 45 milhões em Mato Grosso do Sul, segundo estimativas de Associações de apicultura, secretarias de Agricultura e pesquisas realizadas por universidades.

O principal causador, afirmam especialistas e pesquisas laboratoriais analisadas pela reportagem, é o contato com agrotóxicos à base de neonicotinoides e de Fipronil, produto proibido na Europa há mais de uma década. Esses ingredientes ativos são inseticidas, fatais para insetos, como é o caso da abelha, e quando aplicados por pulverização aérea se espalham pelo ambiente, relata o texto.

Continue Lendo

GOVERNO BOLSONARO LIBEROU O REGISTRO DE NOVOS AGROTÓXICOS

Postado por Blog do Valentin

O Ministério da Agricultura liberou o registro de quarenta produtos comerciais com agrotóxicos, fato que afetará a saúde dos brasileiros e a produção de alimentos saudáveis. A permissão do registro de novos produtos com agrotóxicos para fins comerciais foi publicada no Diário Oficial da União de 10 de janeiro de 2019. A permissão envolve a liberação da comercialização de substâncias como o Metomil e o Imazetapir, ambas utilizados na produção agroindustrial.

Continue Lendo

POR QUE A PUBERDADE COMEÇA CADA VEZ MAIS CEDO

Postado por Valentin Ferreira

Da BBC Brasil

Louise Greenspan, pediatra e professora da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, se lembra da primeira vez que atendeu uma menina de 7 anos com as mamas começando a se desenvolver.

“Seus pais estavam muito preocupados e queriam entender o que estava acontecendo com a menina, que ainda brincava com bonecas”, escreveu a médica em um artigo para o portal US News.

“Quando expliquei a eles que 15% das meninas começam a puberdade nessa idade, eles não podiam acreditar.”

No passado, o desenvolvimento da puberdade, com sinais como o crescimento da mama ou dos pelos pubianos, era considerado anormal antes dos 8 anos de idade.

Mas, nos Estados Unidos, 15% das meninas estão iniciando o desenvolvimento das mamas aos 7 anos e, aos 8 anos, mais de 25% começam a passar por esse processo.

Continue Lendo