CARTA ABERTA AO HUMANO BRASILEIRO, Por Luís Fernando Praga

Postado por Valentin Ferreira

Racionalmente, enquanto ser humano, não posso duvidar da humanidade de quem já desprezou metade dos seres humanos do Brasil, nem da humanidade de quem já demonstrou e demonstra ódio profundo por determinados seres humanos do Brasil e do mundo.

Não posso duvidar da humanidade dos que exigem uma “justiça” arbitrária e tirana para alguns, mas não querem que essa mesma “justiça” torta recaia sobre si próprios.

Mesmo que não vejam seres humanos, mas criaturas inferiores, naqueles a quem odeiam; mesmo que se orgulhem de seu ódio e de seus preconceitos, eu não devo seguir o exemplo da ignorância e deixar de tratá-los como seres humanos. Apesar de alguns discursarem e agirem de forma desumana, todos somos humanos e imperfeitos.

Continue Lendo