OS BOLSONARISTAS QUEREM DAR UM GOLPE

Postado por Valentin Ferreira

Em artigo na Folha de hoje , Celso Rocha de Barros,faz uma grave advertência quanto ao futuro da democracia no Brasil: ” Se você quiser eleger Bolsonaro, aproveite, porque deve ser seu último voto.” 

Leia o artigo: Os bolsonaristas querem dar um golpe

“Bom, é isso, amigo. Se você quiser eleger Bolsonaro, aproveite, porque deve ser seu último voto. Depois da última semana, não há mais dúvida de que o plano dos bolsonaristas é dar um golpe. Golpe mesmo, golpe raiz, não esses golpes Nutella de hoje em dia.

Sejamos honestos, nunca houve motivo para suspeitar que Jair Bolsonaro fosse um democrata.
Nunca vi uma entrevista em que Bolsonaro prometesse reconhecer o resultado da eleição em caso de derrota. O que vi várias vezes foi discurso picareta sobre urnas eletrônicas.”

Continue Lendo

“POR QUE FERNANDO HADDAD E MANUELA D’ÁVILA VÃO GANHAR”, escreve André Forastieri

Postado por Valentin Ferreira

Casal do PT-PC do B parece de novela. Outros candidatos evocam só o passado.

“Os especialistas em eleições não assistem TV aberta. Não frequentam terminal de ônibus. Não batem papo com o Claudião do posto e a Marcinha da padoca. Não assistem vídeo de funk no YouTube.

No começo do ano o discurso era “a economia vai melhorar e com isso um candidato reformista, que dê continuidade ao governo Temer, terá grande chance de emplacar”.

Incontáveis matérias com a palavra “retomada” no título. O mercado financeiro celebrava. Mas era só sair na rua, longe dos guetos dos ricaços, para ver o aumento das placas de “Aluga-se”.

Continue Lendo

FRAUDE E DEBOCHE: PESQUISA FAJUTA GLOBO/IBOPE É MAIOR ESCÂNDALO DA ELEIÇÃO

Postado por Valentin Ferreira

Por Ricardo Kotscho em seu Blog

Primeiro, anunciaram a divulgação da nova pesquisa presidencial Globo/Ibope para a noite de terça-feira.

Na última hora, porém, ao conhecer os resultados, que não atendiam aos seus interesses, resolveram adiar o anúncio, alegando que precisavam consultar antes o Tribunal Superior Eleitoral.

Eram duas pesquisas: uma com o nome de Lula e outra com Fernando Haddad no lugar dele.

Em notas oficiais, Globo e Ibope justificaram o adiamento pela decisão do TSE de barrar a candidatura de Lula, na madrugada de sábado passado, após o registro da pesquisa Ibope na Justiça Eleitoral

Só que o TSE lavou as mãos e devolveu a bola para as empresas.

E o que fizeram Globo e Ibope?

Continue Lendo

PAUL SINGER PREVÊ DUAS TRANSFERÊNCIAS DE VOTOS: DE LULA PARA HADDAD E DE BOLSONARO PARA ALCKMIN

Postado por Valentin Ferreira

Uma vez começada a campanha oficial de rádio e TV, os prognósticos começam a “sair da caixinha”. O cientista político André Singer, com uma leitura estrutural do cenário político eleitoral – e não imediatista e ‘espasmódica’ – entende que o eleitor fará dois movimentos, depois de impugnada a candidatura Lula: vai migrar para Haddad e para Alckmin, levando essas duas personagens para o segundo turno. Para Singer, haverá duas transferências: de Lula para Haddad e de Bolsonaro para Alckmin.

Em sua coluna no jornal Folha e S. Paulo, o cientista político deu um tom técnico e histórico à sua leitura do cenário. Ele começa, dizendo: “com o início do horário eleitoral gratuito, começará uma das operações mais interessantes desde a redemocratização. Trata-se daquela a ser realizada por Geraldo Alckmin (PSDB) para esvaziar a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL), atraindo para si apoiadores do capitão reformado.”

Continue Lendo

ELEITOR QUER CANDIDATO CONTRA ARMAS E A FAVOR DE MENOS IMPOSTO, diz CNT/MDA

Postado por Valentin Ferreira

Os eleitores têm mais chance de votar em candidatos que sejam contra a liberação do porte de armas, a favor da redução de privilégios de servidores públicos e políticos, a favor da redução de impostos, contra a descriminalização do aborto e contra privatizações de estatais.

A informação é da pesquisa CNT/MDA para a Presidência da República, divulgada nesta segunda (20), que apontou o ex-presidente Lula em primeiro lugar com 37,3% das intenções de voto, seguido pelo deputado federal Jair Bolsonaro, com 18,8%.

A pesquisa também analisou a influência da posição dos candidatos sobre determinados temas na campanha:

Continue Lendo