CAZUZA, MARIELLE E A REDE GLOBO, Por Alexandre Tambelli

Postado por Valentin Ferreira

Por Alexandre Tambelli / Jornal GGN

O caso Marielle na Globo faz-me lembrar a morte de Cazuza. No dia da sua morte o JN fez uma reportagem sobre o Cantor, Compositor, Homossexual, um cara libertário, super engajado socialmente e politicamente, que cantava bem assim:

“A Burguesia fede, a Burguesia quer ficar rica, enquanto houver Burguesia, não vai haver Poesia.”

E na reportagem tudo se transformara na versão 1990 da Marielle de hoje: transformado foi Cazuza em um homem que lutava contra uma doença sem cura e de tratamento complexo e menos eficaz que hoje à época e não o contestador e crítico social.

Continue Lendo