QUEM SÃO OS DEFENSORES DA CLOROQUINA E IVERMECTINA QUE FORAM VÍTIMAS DA COVID-19?

No dia 2 de outubro, cinco dias antes do primeiro turno, Luciano Hang publicou imagem
com funcionários da Havan e camiseta de Bolsonaro – Foto: Reprodução Twitter

Medicamentos não têm eficácia comprovada cientificamente contra o novo coronavírus

Do Brasil de Fato

Não há comprovação científica da eficácia do uso de cloroquina e hidroxicloroquina contra a covid-19, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e as instituições de saúde brasileiras. Ainda assim, há quem defenda o uso do medicamento, entre outros não comprovados, como ivermectina, para combater o vírus. Dessas, algumas morreram pela doença ou contraíram a covid-19 em sua forma grave. 

O caso mais recente é o do empresário Luciano Hang. Dono da rede de lojas Havan, Hang foi hospitalizado em decorrência da covid-19 em uma unidade da rede hospitalar Sancta Maggiore em São Paulo (SP) .

Continue Lendo