UM CAMINHO PARA O BRASIL EM TEMPOS DE PANDEMIA

O cenário atual exige que medidas de combate aos efeitos da crise sejam radicais – (IMAGEM: (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Por Fernando A. Mansor e Tiago Oliveira /Le Monde Diplomatique

O cenário atual exige que medidas de combate aos efeitos da crise sejam radicais. A intensidade de proliferação do vírus e o momento de descoberta da vacina é que deverão colocar os limites à política econômica a ser adotada, pois são esses fatores que moldarão e condicionarão o atual ciclo econômico. Já é possível perceber que os efeitos econômicos, sociais, psicológicos e comportamentais herdados dessa crise sanitária deverão alterar modos de comportamento social, hábitos de consumo e formas de organização do trabalho e da produção, devendo, então, destruir ou remodelar a forma de atuação de diversos setores de atividades e criar outros.

Continue Lendo

FELIPE NETO E ANITTA: PONTOS FORA DA CURVA?

Por Valentin Ferreira

Não, ele não é perfeito, nem finge que é, escreve Tony Goes , hoje na Folha, sobre Felipe Neto. Na sua faixa etária, ninguém anda dizendo coisas tão sensatas sobre assuntos tão díspares como meritocracia, depressão, homofobia, “cancelamentos” e o papel da imprensa, escreve.

Por outro lado Anitta, que se faz acompanhar por dezenas de milhões de seguidores nas redes sociais,também anda dizendo coisas que muitos duvidam. Depois de ser criticada por evitar discussões políticas importantes, ela viu durante a pandemia uma chance de expandir seus horizontes, escreve Lucas Brêda.

“Justo porque estou tão desesperada e desesperançosa com a situação política, resolvi falar de política”, ela diz. “É entender de que maneira a gente consegue mudar as coisas.” “Sempre (os políticos) falam num linguajar difícil para confundir a nossa cabeça e a gente nem querer saber”, diz. “E quanto menos a gente souber, menos a gente vai conseguir questionar as decisões deles.”

Amiga de Gabriela Prioli, da CNN, maior cantora pop do país quer conscientizar os milhões de jovens que a seguem afirma Lucas Brêda em sua reportagem. As matérias completas AQUI e AQUI

Continue Lendo

A PANDEMIA VISTA POR YUVAL HARARI: “NUNCA VOLTAREMOS AO MUNDO DE ANTES”

Na opinião do conhecido historiador Yuval Harari, o mais importante no momento atual de pandemia é promover a responsabilidade individual e a cooperação. Isso pode ser alcançado através de uma informação ampla e transparente, unida à vontade de cooperar e à ajuda mútua entre todos.

Ele se tornou um historiador de fama mundial depois de publicar o livro Sapiens – Uma Breve História da Humanidade. Não só se tornou uma celebridade, mas também virou assessor de líderes mundiais como Bill Gates e Angela Merkel. Yuval Harari é um dos pensadores mais lidos no mundo, e por isso suas opiniões sobre a pandemia do coronavírus merecem uma atenção especial.

Harari publicou várias colunas a respeito do tema em diversos jornais do mundo, e também foi entrevistado por uma grande quantidade de meios de comunicação. Por mais estranho que pareça para nós, ele afirmou que as pandemias são uma realidade perfeitamente normal se as olharmos analisando a história da humanidade.

Continue Lendo

MILTON SANTOS: COMO SUPERAR O APARTHEID À BRASILEIRA

Postado por Blog do Valentin

Para o Dia da Consciência Negra, memória de uma provocação do geógrafo. Para ele, racismo em nosso país tem indecente peculiaridade: aqui, os carrascos é que são os ressentidos. Escolas podem ser contraponto — por isso, são tão temidas…

Por Milton Santos, no GGN, publicado em 13/05/2001/ Outraspalavras

Há uma frequente indagação sobre como é ser negro em outros lugares, forma de perguntar, também, se isso é diferente de ser negro no Brasil. As peripécias da vida levaram-nos a viver em quatro continentes, Europa, Américas, África e Ásia, seja como quase transeunte, isto é, conferencista, seja como orador, na qualidade de professor e pesquisador. Desse modo, tivemos a experiência de ser negro em diversos países e de constatar algumas das manifestações dos choques culturais correspondentes. Cada uma dessas vivências foi diferente de qualquer outra, e todas elas diversas da própria experiência brasileira.

Continue Lendo

ESCOLA: ITÁLIA É O PRIMEIRO PAÍS A TORNAR OBRIGATÓRIO O ENSINO SOBRE MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Postado por Blog do Valentin

Por Pensar Contemporâneo

A partir do próximo ano, estudantes de escolas italianas de todas as séries deverão estudar mudanças climáticas e sustentabilidade, na tentativa de posicionar o país como líder mundial em educação ambiental.

O ministro da Educação, Lorenzo Fioramonti, do movimento anti-establishment Five Star , disse que todas as escolas públicas incluirão cerca de 33 horas por ano em seus currículos para estudar questões ligadas às mudanças climáticas.

As lições serão incorporadas às aulas cívicas existentes, que terão uma “pegada ambientalista” a partir de setembro de 2020, disse Vincenzo Cramarossa, porta-voz da Fioramonti.

Continue Lendo