CAMPANHA DA CNBB CRITICA “NECROPOLÍTICA” E É ATACADA POR CATÓLICOS CONSERVADORES

Cartilha da Campanha da Fraternidade suscitou críticas de ala conservadora da Igreja Católica, infeliz com os valores pregados no texto – Foto: Divulgação

Por Igor Carvalho /Brasil de Fato

Católicos conservadores estão atacando a edição 2021 da Campanha da Fraternidade Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cujo tema é “Fraternidade e diálogo: compromisso de amor”.

O texto da cartilha tem contornos progressistas. Ataca a “necropolítica” brasileira, defende os povos indígenas, critica os altos índices de feminicídio e pede que a população LGBTQI seja acolhida.

Um dos recados mais duros, vindo dos conservadores, foi de Dom Fernando Guimarães, Arcebispo do Ordinário Militar do Brasil, em carta pública enviada à Dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidente da CNBB.

Continue Lendo

DOM SERGIO APARECIDO COLOMBO ASSINA “CARTA AO POVO DE DEUS”.

Bispo de Bragança Paulista Dom Sergio Aparecido Colombo

Por Marecelo Auler em seu Blog / Carta ao Povo de Deus: CNBB exime-se, padres apoiam

Enquanto a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se exime de qualquer responsabilidade com relação à Carta ao Povo de Deus, assinada por bispos de todo o país, que veio a público no domingo (26/07), um grupo de religiosos prepara um novo documento endossando os termos do manifesto que faz duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro. O manifesto de apoio continua circulando pelas listas de WhatsApp em busca de mais adesões.

O documento dos bispos seria divulgado no dia 22 de julho, quando a igreja comemora o dia de Santa Madalena, a Apóstola dos Apóstolos. Mas seus organizadores entenderam melhor encaminhá-lo à presidência da CNBB para ser analisado pelo seu Conselho Permanente, composto pela diretoria da entidade, os presidentes das 18 Regionais e das 14 Comissões da Entidade. O texto, sem as 152 assinaturas anunciadas, acabou sendo vazado para a jornalista Mônica Bergamo, que o publicou em sua coluna na Folha de S.Paulo, no domingo. Neste Blog ele foi reproduzido na íntegra na segunda-feira (27/07) em Carta ao Povo de Deus: uma Continue Lendo

ENTIDADES LIGADAS À CNBB PEDEM O AFASTAMENTO DE JAIR BOLSONARO

Para a Comissão de Justiça e Paz, postura do presidente na crise do coronavírus e presença em atos pró-ditadura ameaçam vidas e democracia (foto Gazeta do Povo)

Por Thais Reis de Oliveira

A Comissão Brasileira de Justiça e Paz, organismo ligado à CNBB assumiu, nesta sexta-feira 24, posição em defesa do afastamento de Jair Bolsonaro. Para a entidade, o presidente comete crimes de responsabilidades que justificam sua saída. Seja por crime comum ou processo de impeachment.

Em nota pública, a entidade critica a postura do presidente em relação à pandemia e defende o afastamento do presidente “para salvar vidas e a democracia”. Bolsonaro, diz o texto, prega o conflito, aposta na desinformação e nega o valor científico das medidas recomendadas pelas autoridades sanitárias e pela OMS. Na economia, responsabiliza o presidente por uma “burocracia desumana” em relação ao pagamento do auxílio emergencial. Menciona ainda os atos pró-intervenção militar aos quais o presidente compareceu.

Continue Lendo

GOLPISTA. E AGORA?

Postado por Blog do Valentin

Por Celso Rocha de Barros

O debate sobre as intenções de Jair Bolsonaro está encerrado.

Jair Bolsonaro lançou seu filho Eduardo como boi de piranha para testar as águas do golpe de estado. Jair Bolsonaro ameaçou cancelar a concessão de TV da Globo porque ela fez denúncias contra ele. Jair Bolsonaro ameaçou os anunciantes da Folha e cancelou as assinaturas do jornal nos órgãos públicos federais. Jair Bolsonaro postou um vídeo em que o Supremo Tribunal Federal, a oposição, toda a imprensa e a CNBB são caracterizados como hienas, e o fez para preparar uma radicalização.

Continue Lendo

CNBB DIVULGA NOTA CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Postado por Blog do Valentin

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou veemente nota nesta segunda-feira (6) contrária à reforma da previdência.

Para os bispos da Igreja Católica, a reforma da previdência de Jair Bolsonaro “é contra os interesses dos segurados e benéfica para empresas e para o sistema financeiro.”

O documento é assinado por Carlos Moura, da Comissão Brasileira Justiça e Paz vinculada à Comissão Pontifícia Justiça e Paz, ligada diretamente ao Vaticano.

A entidade afirma que os meios de comunicação abusam da fake news para vender o fim da previdência pública.

“Esta reforma da Previdência, tem que ser firmemente denunciada, pois é a mais injusta e a mais cruel tentativa de demolição dos direitos dos trabalhadores e segurados, garantidos na Constituição Federal”, diz um trecho da nota.

Continue Lendo

CNBB PEDE QUE “SE DEPONHAM AS ARMAS DE ÓDIO” NAS ELEIÇÕES 2018

Postado por Valentin Ferreira
Após reunião dos bispos do Conselho Episcopal Pastoral (CONSEP), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) defendeu a importância de se manter a justiça e a paz social neste segundo turno das eleições 2018.
Em nota publicada nesta quarta-feira (24), o Conselho defendeu que a democracia seja respeitada e pediu que “se deponham as armas de ódio e de vingança que têm gerado um clima de violência, estimulado por notícias falsas, discursos e posturas radicais, que colocam em risco as bases democráticas da sociedade brasileira”.
Leia a Nota
Continue Lendo