CASHBACK: COMO FUNCIONA OS SITES QUE “DEVOLVEM DINHERO” E QUAIS CUIDADOS VOCÊ DEVE TER

No ano em que a pandemia de coronavírus levou as compras online a ganharem ainda mais adeptos, também vem aumentando a busca pelo termo “cashback” por brasileiros no Google.

O termo em inglês, que significa “dinheiro de volta”, funciona como uma espécie de desconto — mas, em vez de você pagar um valor já reduzido, paga o preço cheio e depois recebe um percentual de volta.

Em geral, o consumidor se cadastra em um site ou aplicativo de cashback, que tem várias redes de lojas parceiras oferecendo um percentual. Aí, se a compra for feita pelo link do aplicativo ou site de cashback, o consumidor recebe um reembolso de parte do valor da compra. Alguns também oferecem cashback para compras em lojas físicas parceiras.

Embora as regras possam variar para cada empresa, normalmente é preciso acumular uma quantia mínima na conta no aplicativo antes de solicitar a transferência para conta corrente ou poupança.

Continue Lendo

O ADMIRÁVEL SUBMUNDO DA AMAZON

Postado por Valentin FerreiraJeff Bezos, fundador e presidente-executivo da Amazon

Ele é o homem mais rico do planeta. Nem por isso dispensa aos funcionários um tratamento justo. Em artigo para a Folha, Fernanda Mena informa sobre a gigante mundial do varejo, e o seu submundo.

“O fim de semana do carnaval das compras, a Black Friday, deu fortes indícios de como a Amazon e seu sucesso no varejo online devem delinear o futuro das pessoas, alterando o consumo e as cidades tanto quanto as relações sociais, o trabalho e o meio ambiente.

No último domingo, eu precisei desviar dos pacotes da Amazon empilhados no lobby do prédio em que moro, em Chicago, para chegar ao elevador. Tamanho volume, inédito segundo o zelador, é um retrato dos US$ 6,2 bilhões gastos em compras online nos EUA apenas na última sexta-feira —um crescimento de 23% em relação ao ano passado”

Continue Lendo