FELIPE NETO E ANITTA: PONTOS FORA DA CURVA?

Por Valentin Ferreira

Não, ele não é perfeito, nem finge que é, escreve Tony Goes , hoje na Folha, sobre Felipe Neto. Na sua faixa etária, ninguém anda dizendo coisas tão sensatas sobre assuntos tão díspares como meritocracia, depressão, homofobia, “cancelamentos” e o papel da imprensa, escreve.

Por outro lado Anitta, que se faz acompanhar por dezenas de milhões de seguidores nas redes sociais,também anda dizendo coisas que muitos duvidam. Depois de ser criticada por evitar discussões políticas importantes, ela viu durante a pandemia uma chance de expandir seus horizontes, escreve Lucas Brêda.

“Justo porque estou tão desesperada e desesperançosa com a situação política, resolvi falar de política”, ela diz. “É entender de que maneira a gente consegue mudar as coisas.” “Sempre (os políticos) falam num linguajar difícil para confundir a nossa cabeça e a gente nem querer saber”, diz. “E quanto menos a gente souber, menos a gente vai conseguir questionar as decisões deles.”

Amiga de Gabriela Prioli, da CNN, maior cantora pop do país quer conscientizar os milhões de jovens que a seguem afirma Lucas Brêda em sua reportagem. As matérias completas AQUI e AQUI

Continue Lendo

QUAL A IMPORTÂNCIA DE SE INTERESSAR POR POLÍTICA?

Postado por Valentin Ferreira
Qual a importância de se interessar por política – e de entender pelo menos o básico sobre o assunto? Confesso que relutei a começar a escrever sobre esse tema, afinal dizer que política é importante é chover no molhado.

Por exemplo: você já deve ter ouvido que o homem é um animal político – conceito de Aristóteles. Fazemos política a todo momento, afinal precisamos tomar decisões que afetam a coletividade a toda hora.

Muito provavelmente você também já ouviu a famosa frase de Arnold Toynbee (ou alguma versão dela):

“O maior castigo para aqueles que não se interessam por política é que serão governados pelos que se interessam.”Arnold Toynbee

“Não se interessar por política significa deixar que outras pessoas, muitas vezes mal intencionadas, tomem decisões por você.”

Coisa parecida disse Bertolt Brecht:

“[…] que continuemos a nos omitir da política. É tudo o que os malfeitores da vida pública mais querem”.

Mas essas coisas você já sabe, não é mesmo?

Continue Lendo