O VOTO EVANGÉLICO E O STF

Religião não pode ser critério para ocupação de nenhuma função pública

Por Cristina Serra

Na sessão de abril passado em que o Supremo Tribunal Federal, acertadamente, manteve o fechamento temporário de templos religiosos, o Brasil estava no pior momento da pandemia. Apesar disso, o advogado-geral da União, André Mendonça, que é pastor evangélico, defendeu a reabertura das igrejas em nome da liberdade de religião.

Continue Lendo

O ALERTA SOBRE AS MANIFESTAÇÕES DE DOMINGO

O antropólogo e escritor Luiz Eduardo Soares (Foto: Aquiles Lins)

Por Luiz Eduardo Soares, em seu facebook

Faço um apelo a todas e todos que sabem o que significaria um golpe policial-militar, sob liderança fascista. Os sinais são assustadores, ostensivos e crescentes. Hoje, o vice-presidente publicou um artigo absurdo e ameaçador no Estadão. Aras, embora tenha se corrigido depois, disse ao Bial que as Forças Armadas poderiam, sim, intervir se um poder invadisse a seara do outro, numa clara alusão crítica ao Supremo. Ives Gandra está a postos para escrever a justificativa “constitucional” do golpe. Nunca faltaram juristas aos generais; não faltarão ao capitão. Eduardo Bolsonaro confirmou: a ruptura está decidida, espera-se apenas a oportunidade. O presidente sobrevoou manifestação contra o Supremo e o Congresso ao lado do ministro da Defesa. Precisa desenhar?

Continue Lendo

IDEIAS E IDEAIS

Por Valentin Ferreira

Conhecendo um pouco a história do Presidente da República e sua trajetória de mais de 30 anos na política, nada se pode esperar além daquilo que está fazendo.

Testado nas dificuldades inerentes ao cargo que ocupa, não tem ideias e experiência que possam socorrê-lo. Assim tira de seu saco de proezas as limitações e reações de sempre. Sem propostas, sem plano de governo, sem ideias na cabeça, parte para a confrontação diuturna com inimigos reais ou imaginários.

Enfraquecido a cada dia, acena com medidas de força e confrontação que passa ao longe do debate democrático e do respeito à Lei Maior que jurou cumprir.

Em sua fragilidade, busca se cercar cada vez mais de militares que hoje ocupam os principais ministérios do seu governo. Deslumbrados com o poder e com a segurança que as armas lhes dão, alguns generais, não têm economizado na confrontação, como fez o Ministro Augusto Heleno no dia de ontem.

Na falta de soluções que tragam respostas aos graves problemas que a nação enfrenta, este governo, no limite, não respeitará a Constituição. Exaurido pelo excesso do que não possui, poderá usar a força para se manter no poder. A que preço? A História … Continue Lendo

PROMOTORIA COM PARTIDO

Postado por Blog do Valentin

Por Bernardo Mello Franco

A Constituição impede juízes e promotores de exercerem ‘atividade político-partidária’. A proibição tem uma finalidade clara, mas virou letra morta na era das redes sociais.

A doutora Carmen Eliza Bastos de Carvalho já assinou um manifesto em defesa do movimento Escola sem Partido. Agora ela virou símbolo do Promotoria com Partido.

Na quarta-feira, Carmen participou da entrevista sobre a confusa investigação do assassinato de Marielle Franco. Ela desqualificou o depoimento do porteiro do condomínio Vivendas da Barra, que relatou uma ligação do principal suspeito para a casa de Jair Bolsonaro.

Continue Lendo

“A DIREITA CONCURSADA É TERRIVELMENTE CRISTÔ

Postado por Blog do Valentin

Por Wilson Ramos Filho

O Direito Morreu

Desde o mensalão, quando uma ministra do stf (minúsculas intencionais) declarou que condenava um réu sem provas porque a literatura jurídica o permitia, venho afirmando que o Direito morreu.
A Direita Concursada, reformadora social, depois de tamanho descalabro sentiu-se autorizada a atirar nas costas da Constituição Federal, sem qualquer complexo de culpa. Havia até então o mito de que a Constituição impediria a arbitrariedade nos Poderes pelo sistema de pesos e contrapesos para assegurar os valores e os fundamentos da república. O mito esfumou-se.
Continue Lendo