“UM MERCADO PRIVADO E ILEGAL DE VACINAS ESTÁ SE CONSTRUINDO NO BRASIL”

“Parte da elite econômica brasileira acha que precisa ter um camarote em tudo”, afirma Padilha

Em entrevista à DW, deputado e ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha fala sobre o caso de empresários em Minas Gerais que teriam se vacinado às escondidas. Ele acionou o Ministério Público contra o grupo.

O deputado federal Alexandre Padilha, ex-ministro da Saúde do governo Dilma Rousseff, moveu uma ação junto ao Ministério Público de Minas Gerais contra um grupo de políticos e empresários, a maioria ligada ao setor de transportes do estado, que teria comprado doses do imunizante contra a covid-19 por iniciativa própria e se vacinado, driblando a lei brasileira.

O escândalo foi  revelado na quarta-feira (24/03) pela revista Piauí. Segundo a reportagem, cerca de 50 pessoas receberam a primeira dose do imunizante nesta semana em um posto de vacinação improvisado. As doses da vacina da Pfizer, que nega ter vendido os lotes, teriam sido importadas pelo grupo e não repassadas ao Sistema Único de Saúde, como prevê a lei.

Continue Lendo

JÁ CIRCULAM NO BRASIL TRÊS NOVAS VARIANTES DO CORONAVÍRUS, DIZ VIROLOGISTA

Pessoas caminham por rua de comércio popular no centro de São Paulo (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)

“No Brasil hoje nós temos em torno de 20 linhagens do vírus circulando. Dessas 20 linhagens, nós temos três novas variantes: a P.1 de Manaus, a P.2 do Rio de Janeiro e uma nova variante que está sob investigação no Rio Grande do Sul que nós chamamos de VUI-NP13L”, diz Fernando Spilki

Uma pesquisa feita com pacientes do Rio Grande do Sul mostrou que uma pessoa pode ser infectada ao mesmo tempo por diferentes linhagens do SARS-CoV-2, causador da COVID-19.

Continue Lendo

CORONAVÍRUS PODE SOBREVIVER POR ATÉ 28 DIAS EM SUPERFÍCIES

Estudo sugere que o Sars-Cov-2 permanece infeccioso por quase um mês em superfícies lisas, como telas de celular e caixas eletrônicos, em ambientes escuros a 20 °C.

Do Deutsche Welle

O coronavírus causador da covid-19 pode sobreviver em celulares, notas de dinheiro e caixas eletrônicos por até 28 dias, em determinadas condições de luz e temperatura. A conclusão é de um estudo de cientistas australianos publicado na revista especializada Virology Journal.

Os pesquisadores da agência nacional de pesquisa científica da Austrália (CSIRO) testaram a longevidade do Sars-Cov-2 em ambientes escuros em três temperaturas diferentes, e descobriram que a capacidade de sobrevivência do vírus diminui conforme o ambiente fica mais quente, explicou a agência australiana nesta segunda-feira (12/10).

Continue Lendo

VACINA DESENVOLVIDA POR OXFORD TEM RESULTADOS ANIMADORES E GERA IMUNIDADE

UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO NO HOSPITAL DAS CLÍNICAS, EM PORTO ALEGRE (RS). FOTO: SILVIO AVILA/AFP

Por Carta Capital

As primeiras fases de testes da vacina contra o coronavírus conseguiram identificar a criação de anticorpos e células-T contra o coronavírus

Pesquisadores da Universidade de Oxford anunciaram, nesta segunda-feira 20, que as primeiras fases de testes da vacina contra o coronavírus conseguiu identificar a criação de anticorpos contra o Sars-Cov-2 e a criação de células-T para combater a infecção.

A notícia foi publicada na revista médica britânica The Lancet e traz detalhes sobre a resposta imunológica da vacina em desenvolvimento, que tem parte da terceira fase – a de testes – sendo realizada no Brasil.

Continue Lendo