DEFENSORIA PÚBLICA QUER QUE CFM REJEITE E PAQUE POR PRESCREVER CLOROQUINA

]

Por Fernando Brito

A Defensoria Pública da União fez, afinal, o que o Ministério Público já deveria ter feito há meses: pedir à Justiça que o Conselho Federal de Medicina parasse de orientar os médicos ao uso de cloroquina e hidroxicloroquina como medicação para a Covid-19, para a qual não têm eficácia alguma, segundo consenso médico-científico em todo o mundo, exceto o mundo da lua onde vivem os fanáticos da extrema direita bolsonarista.

Continue Lendo

USO CORRETO DE MÁSCARA PODE REDUZIR CASOS DE COVID-19 EM ATÉ 20%, DIZ OPAS

Além do uso de máscara, distanciamento social e vacinação também tornam o fim
da pandemia mais próximo (Afp)

A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) enfatizou a importância de medidas como o uso de máscaras e o distanciamento social, a fim de reduzir os casos da Covid-19. Durante entrevista coletiva, o diretor assistente da entidade, Jarbas Barbosa, afirmou que estudos apontam que apenas o uso de máscaras já pode reduzir os casos da doença em 10% a 20%. “A vacinação e medidas como o uso de máscaras tornam o fim da pandemia mais próximo”, ressaltou Barbosa, que disse não ser possível agora fazer uma estimativa sobre quando terminará a pandemia.

Continue Lendo

O QUE ACONTECERÁ NO BRASIL QUANDO A VARIANTE DELTA SE ESPALHAR PELO PAÍS INTEIRO?

Olhando para os índices de EUA e Reino Unido, não é difícil concluir a chegada de uma
nova onda entre nós

Por Drauzio Varella

Assisti incrédulo ao final da Eurocopa, em Londres. Aquele bando de homens suados, pulando, gritando e se abraçando não podia acabar bem.

Com base na redução do número de casos, de hospitalizações e de mortes no Reino Unido, o governo planejara para 21 de junho o “freedom day”, quando todas as medidas restritivas seriam suspensas. Como faltou combinar com o coronavírus, a chegada da variante delta fez crescer o número de doentes e adiou para 21 de julho a data tão aguardada.

Não houve consenso entre os países membros. A Inglaterra aboliu o uso de máscaras e liberou as aglomerações; Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, não.

Continue Lendo