ARCEBISPO DE APARECIDA TRATA BOLSONARO COMO FAKE PRESIDENTE

Para ser pátria amada não pode ser pátria armada', diz arcebispo de  Aparecida em sermão do Dia de Nossa Senhora | Festa da Padroeira 2021 | G1

Sob Bolsonaro, a exemplo do que ocorria na ditadura, alguns sacerdotes católicos levam comícios no bolso da batina. 
Neste Dia de N. Srª, o arcebispo de Aparecida, D. Orlando Brandes, injetou política no sermão. Tratou Bolsonaro como uma espécie de fake presidente
“…Para ser pátria amada não pode ser pátria armada”, disse, p. ex,, D. Orlando, antes de defender “uma república sem fake news“, “sem corrupção”, “sem ódio” e “com fraternidade”.

Continue Lendo