SE NÃO LUTARMOS POR TUDO, NÃO TEREMOS NADA

Postado por Valentin FerreiraEm 10 de dezembro de 1948, 58 países concordaram sobre como poderíamos viver em liberdade, igualdade e dignidade. Apesar dos avanços, direitos econômicos e sociais geralmente são ignorados.

Já percorremos um longo caminho desde que foram acordados os 30 grandes direitos e liberdades da Declaração Universal em dezembro de 1948. Ainda hoje, esses direitos estabelecem a visão mais avançada do que nosso mundo poderia ser. Ao nos aproximarmos de seus 70 anos, eu deveria estar escrevendo um texto de comemoração sobre o quanto alcançamos juntos nessas décadas – o que, incontestavelmente, fizemos – para fazer dessa visão uma realidade.

Entretanto, a verdade é que em 2018 vemos o crescimento da intolerância, da desigualdade extrema e o fracasso dos governos em tomar as ações coletivas necessárias para enfrentar as ameaças globais. Nós nos encontramos na exata situação em que os governos que adotaram a Declaração prometeram evitar. Longe de ser um momento de celebração, acredito que deveríamos usar esse marco histórico para fazer um balanço e reorientar a luta para tornar os direitos humanos uma realidade para todas e todos.

Continue Lendo

BRASIL É O PAÍS COM MAIS MORTES DE DEFENSORES DE DIREITOS HUMANOS E AMBIENTAIS

Postado por Valentin Ferreira

O Brasil é o país que contabilizou o maior número de assassinatos de defensores de direitos humanos e socioambientais em 2017. Os dados são do relatório anual da Global Witness, organização internacional fundada em 1993, que será lançado nesta terça (24). Segundo o levantamento, 207 ativistas foram mortos em cerca de 22 países.

COVA RASA

No Brasil foram contabilizados 57 assassinatos. Nas Filipinas, segunda colocada, foram registradas as mortes de 48 pessoas, o maior número já documentado em um país asiático. O México e o Peru tiveram um aumento nos assassinatos com relação a 2017: de três para 15 e de dois para oito, respectivamente.

Da Folha S.Paulo / Leia a coluna completa aqui.

 

Continue Lendo

MAIS DE 40% DOS BRASILEIROS ATÉ 14 ANOS VIVEM EM SITUAÇÃO DE POBREZA

Postado por Valentin Ferreira

Brasília – Cidade Estrutural (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Por Camila Boehm / Agencia Brasil -EBC

Mais de 40% de crianças e adolescentes de até 14 anos vivem em situação domiciliar de pobreza no Brasil, o que representa 17,3 milhões de jovens. Em relação àqueles em extrema pobreza, o número chega a 5,8 milhões de jovens, ou seja, 13,5%. O que caracteriza a população como pobres e extremamente pobres é rendimento mensal domiciliar per capita de até meio e até um quarto de salário mínimo, respectivamente.

Os dados são da publicação “Cenário da Infância e da Adolescência no Brasil”, que será divulgado amanhã (24) pela Fundação Abrinq. O estudo relaciona indicadores sociais aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU), compromisso global para a promoção de metas de desenvolvimento até 2030, do qual o Brasil é signatário junto a outros 192 países.

“Algumas metas [dos ODS] certamente o Brasil não vai conseguir cumprir, a menos que invista mais em políticas públicas voltadas para populações mais vulneráveis. Sem investimento, fica muito difícil cumprir esse acordo”, avaliou Heloisa Oliveira, administradora executiva da Fundação Abrinq. “Se não houver um investimento maciço em políticas sociais básicas voltadas … Continue Lendo

ANISTIA INTERNACIONAL: “A SOCIEDADE PRECISA SABER QUEM MATOU MARIELLE E POR QUÊ”

Postado por Valentin Ferreira

Organização exige “investigação imediata, completa, imparcial e independente que não apenas identifique os atiradores, mas também os autores intelectuais do crime”

Da Rede Brasil Atual

São Paulo – A Anistia Internacional cobra as autoridades brasileiras pela resolução dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (Psol-RJ) e do motorista Anderson Gomes, que neste sábado (14) completam um mês, sem qualquer avanço significativo no esclarecimento do crime. “A sociedade precisa saber quem matou Marielle e por quê”, diz a diretora-executiva da organização no Brasil, Jurema Werneck, que acrescenta que a falta de resposta das autoridades aumenta o risco e as ameaças aos defensores de direitos humanos.

Em nota, a Anistia internacional exige “investigação imediata, completa, imparcial e independente que não apenas identifique os atiradores, mas também os autores intelectuais do crime”.

Neste sábado, ativistas, militantes e apoiadores realizam, em pelo menos 80 cidades de oito países, o Amanhecer por Marielle e Anderson, que além de homenagear as vítimas, também cobra punição aos envolvidos no crime.

Continue Lendo

LUTHER-KING, O DIREITO DE SONHAR

Postado por Valentin FerreiraNa terceira segunda-feira de janeiro, festeja-se o aniversário do nascimento do pastor Martin-Luther King. (Reprodução/ Pixabay)

Por Marcelo Barros / Dom Total (*)

Nos Estados Unidos, essa semana começa com um feriado. A cada ano, na terceira segunda-feira de janeiro, festeja-se o aniversário do nascimento do pastor Martin-Luther King (29/ 01/ 1929). É um dia consagrado à celebração da igualdade racial e da liberdade cidadã. Nesse ano, no qual comemoramos 50 anos do assassinato de Luther King, (04 de abril de 1968), é importante rever o quanto avançamos no caminho da justiça e da liberdade e que novos desafios se apresentam para vivermos, hoje, a herança desse mártir da paz.

Vivemos em um país no qual todas as pesquisas revelam o recrudescimento do racismo e da discriminação de classes. Aqui no Brasil, não temos, como nos Estados Unidos, Igrejas que se dizem cristãs e ainda estão divididas, entre “Igrejas de brancos” e “Igrejas de negros”. No entanto, a segregação social e racial penetra também nas Igrejas. No Brasil, há grupos que se consideram cristãos e condenam como idolátricos e demoníacos cultos afrodescendentes. Julgam sem conhecer e, a partir de uma leitura superficial e descontextualizada de alguns … Continue Lendo