SE NÃO LUTARMOS POR TUDO, NÃO TEREMOS NADA

Postado por Valentin FerreiraEm 10 de dezembro de 1948, 58 países concordaram sobre como poderíamos viver em liberdade, igualdade e dignidade. Apesar dos avanços, direitos econômicos e sociais geralmente são ignorados.

Já percorremos um longo caminho desde que foram acordados os 30 grandes direitos e liberdades da Declaração Universal em dezembro de 1948. Ainda hoje, esses direitos estabelecem a visão mais avançada do que nosso mundo poderia ser. Ao nos aproximarmos de seus 70 anos, eu deveria estar escrevendo um texto de comemoração sobre o quanto alcançamos juntos nessas décadas – o que, incontestavelmente, fizemos – para fazer dessa visão uma realidade.

Entretanto, a verdade é que em 2018 vemos o crescimento da intolerância, da desigualdade extrema e o fracasso dos governos em tomar as ações coletivas necessárias para enfrentar as ameaças globais. Nós nos encontramos na exata situação em que os governos que adotaram a Declaração prometeram evitar. Longe de ser um momento de celebração, acredito que deveríamos usar esse marco histórico para fazer um balanço e reorientar a luta para tornar os direitos humanos uma realidade para todas e todos.

Continue Lendo

SERÃO DUAS SEMANAS DE TIRAR O FÔLEGO, Por Fernando Horta

Postado por Valentin Ferreira

Quem precisar tomar água ou ir no banheiro que faça agora. As próximas duas semanas serão de apavorar. Parece que se solidificou a ideia de dois grandes polos de disputa no Brasil: democracia ou barbárie.

Não se trata mais de discutir um programa mais à esquerda ou mais ao centro. Não se trata de discutir quem já administrou uma bodega ou quem já foi “gestor” público. Esqueçam as diferenças entre os que fazem acordos com o MDB e os que fazem com o PPS.

O buraco é mais embaixo.

Trata-se de uma disputa entre dois projetos civilizacionais completamente distintos.

De um lado, o campo da democracia, alijado dos liberais que se suicidaram politicamente com o impeachment da Dilma. Por mais corruptos que possam ser Aécio, Alckmin e Serra, me custa acreditar que, na disputa atual, eles cerrassem fileiras com o fascista. De qualquer forma, o final de vida de Serra, a autodestruição política de Aécio e o vexame eleitoral de Alckmin mostram que eles gastaram todo o capital político que tinham para apear Dilma, e não construíram nada no lugar. Os votos que outrora quase transformaram Aécio em presidente, hoje estão com o fascismo do ex-capitão … Continue Lendo

A LIBERDADE DE NÃO TER DIREITOS

Postado por Valentin Ferreiraliberdade não ter direito previdência economia trabalhador

Wallison Ulisses Silva dos Santos*/Pragmatismo Político

O estudo da história sempre teve o objetivo de mostrar às sociedades os erros que foram cometidos para evitar a repetição destes. Na atual conjuntura brasileira estamos evitando a todo custo olhar para a história, pois isso seria o mesmo que olhar os ferimentos e cicatrizes que estamos realizando em nossa estrutura social e econômica.

No auge da revolução industrial não havia direitos trabalhistas e nem regulamentações sobre as empresas, desta forma foi o mais próximo que chegamos do livre mercado. Nesta época de ouro da liberdade os homens trabalhavam até 16 horas por dia, as mulheres 14 e crianças começavam a ser exploradas a partir dos 6 anos. Não havia sindicatos atrapalhando o livre comércio e nem governos ineficientes e o equilíbrio de mercado estava sempre satisfeito com altos lucros.

Continue Lendo

LULA DIZ QUE RAÇÃO DE DORIA NÃO DEVE SER DATA “NEM PRA CACHORRO”

Postado por Valentin Ferreira / da Rede Brasil AtualLula em Ferraz
REPRODUÇÃO
Durante encontro na região metropolitana de São Paulo, o ex-presidente criticou o programa com restos de comida do prefeito de São Paulo e voltou a afirmar que a elite teme sua vitória em 2018 porque o povo entraria outra vez no orçamento.

Em reunião com militantes nesta segunda-feira (16), na cidade de Ferraz de Vasconcelos, região metropolitana de São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou que fará uma nova caravana a partir da próxima semana, desta vez pelo estado de Minas Gerais.

Continue Lendo

PARA MARIA RITA KEHL, FÚRIA COM PERDA DE DIREITOS DEVE AFLORAR A QUALQUER MOMENTO

Postado por Valentin Ferreira / da Caros Amigos
Da Rede Brasil AtualPor que, mesmo diante de um cenário de desmonte de direitos, não há grandes mobilizações nas ruas? Em participação no Jornal Brasil Atual, na Rádio Brasil Atual, a psicanalista Maria Rita Kehl falou sobre o tema e também comentou as circunstâncias que levaram o país à atual situação.
Continue Lendo